quarta-feira, 16 de maio de 2018

A importância da segurança no Transporte Escolar

Transportar crianças, um trabalho que exige muita responsabilidade 

O transporte escolar é uma das especializações que mais tem procura pelos condutores que querem se profissionalizar. Transportar passageiros exigem um alto nível de atenção e responsabilidade do motorista, e quando envolve crianças, o cuidado deve ser redobrado.

Para se especializar nessa área, o indivíduo deve ter algumas características, como ser calmo, educado, cuidadoso, pontual, organizado e, principalmente, um profissional técnico e psicologicamente bem preparado para lidar com as crianças e o trânsito.

Para ser motorista de transporte escolar existem algumas exigências previstas pelo Código de Trânsito Brasileiro: o condutor deve possuir mais de 21 anos, Carteira de Habilitação D e, no momento do credenciamento, apresentar uma certidão de antecedentes criminais, principalmente sobre homicídio, roubo e corrupção de menores, além de passar por um curso de formação específica.

O veículo também deve passar por vistorias semestrais.  Realizadas pelo Detran ou pelo órgão municipal de trânsito, são verificados: equipamentos obrigatórios e de segurança, como cintos para todos os ocupantes do veículo, pneus que ofereçam boas condições, extintor de incêndio, entre outros.

Além disso, é necessário a apresentação da apólice no DTP do seguro obrigatório, "O seguro protege os passageiros, motoristas e até mesmo o próprio veículo em caso de acidentes, e deve ser realizado em uma seguradora competente e qualificada.", explica Edmam Coimbra, empresário da BV Corretora de Seguros, nosso principal parceiro.

Atualmente, o maior responsável pela morte por acidentes de crianças e adolescentes até 14 anos no Brasil são os acidentes de trânsito, com 1.862 vítimas por ano.Faça sua parte e reduza essa estatística.

Fonte: G1 e Portal do Trânsito.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Prefeitura lança aplicativo para serviços de táxi em Manaus

App foi lançado na sexta-feira (4) e está disponível para Android e iOS.

Usuários de táxis em Manaus vão poder chamar suas corridas por meio do aplicativo "Táxi Manaus". A plataforma foi lançada nesta sexta-feira (4), pela prefeitura. Nos próximos 30 dias, a corrida terá 30% de desconto.

O aplicativo foi lançado durante evento realizado no Complexo Turístico Ponta Negra, na Zona Oeste. Segundo a gestão municipal, descontos aos usuários devem garantir mais competitividade aos taxistas.

O “Táxi Manaus” já está disponível nas plataformas Android e iOS e atende a um pedido do Sindicato dos Taxistas. A prefeitura coordenou o desenvolvimento da ferramenta e, após dois anos, vai entregar a gestão da plataforma ao Sindicato dos Taxistas do Amazonas (Sintáxi-AM), o que inclui manutenção e licença, por meio de uma comissão gestora.

“O Táxi Manaus é um aplicativo, em que o grande beneficiário é o usuário, com super desconto, sem surpresa no final da corrida, e a gente vai estar contribuindo com a mobilidade urbana da cidade de Manaus”, explicou Márcio Fleury, coordenador da comissão gestora do aplicativo.

O aplicativo visa facilitar o dia a dia dos usuários de táxi da cidade e incentivar o uso aos que ainda não utilizam o transporte. Representantes dos taxistas acompanharam todo o desenvolvimento do App, bem como apresentaram sugestões de melhorias às funções, inclusive já incorporadas na versão atual disponível na Apple Store e Google Play.

O aplicativo servirá também para promoção turística da cidade, apontando serviços e locais para visitação como as Galerias Populares, Mercado Municipal Adolpho Lisboa, no Centro, parques e outros espaços.

Outra funcionalidade do software, que utiliza o banco de dados da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), é de servir para atualização cadastral dos trabalhadores da categoria. Todos os taxistas que trabalham no App estão regularizados junto à Prefeitura de Manaus.

Uso

Ao baixar o aplicativo, o usuário se depara com uma tela preta e o símbolo de localização com o nome Taxi Manaus, acompanhado do slogan “Viagens confortáveis, seguras e sem surpresas”. Em seguida, é levado à tela de Login ou Cadastro, podendo ser feito com uma conta no Facebook ou informando celular e e-mail.

Depois, basta informar o local de origem da corrida e o destino. O usuário verá o preço fixo (já com desconto), a distância e o tempo aproximado em que o percurso será feito. Ao avançar, o passageiro pode ainda editar preferências como um motorista que fale outro idioma, escolher um carro especial e a forma de pagamento.

Fonte: G1. Link: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/prefeitura-lanca-aplicativo-para-servicos-de-taxi-em-manaus.ghtml

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Maio Amarelo

Maio Amarelo é um movimento para alertar, tanto o poder público quanto a sociedade civil, sobre um problema grave e, ao mesmo tempo, comum a todas as pessoas que se locomovem dia e noite, nos mais diversos confins: o alto índice de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo.
A motivação para essa iniciativa não é novidade para a sociedade. A segurança viária sensibiliza autoridades globais, tanto que a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”.
A proposta do Maio Amarelo vem ao encontro desse marco. Maio foi escolhido, porque o anúncio da ONU se deu, oficialmente, em maio de 2011. Por sua vez, a cor amarela, no conjunto semafórico, significa Atenção. Atenção pela vida.
Sendo assim, de 2 a 31 de maio, a Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes, apoiará o Movimento Maio Amarelo e convida cada cidadão – morador ou visitante, pedestre, condutor ou passageiro – a refletir sobre a importância da conduta adequada, prudente e exemplar no trânsito de todos nós.
Faça sua reflexão, seu debate e promova seu evento por um trânsito mais pacífico!

Um panorama da violência no trânsito mundo afora

Um estudo feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidentes de trânsito em 178 países. Cerca de 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.
São 3 mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas ou a 9ª. maior causa de mortes no mundo. Se nada for feito, a OMS estima que 1,9 milhão de pessoas virão a óbito no trânsito em 2020 (passando para a 5ª. maior causa de mortalidade) e 2,4 milhões, em 2030.
A intenção da ONU com a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito” é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, 5 milhões de vidas até 2020.

A posição do Brasil
O Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia e seguido por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas nações respondem por 62% das mortes por acidente no trânsito.
As estatísticas mais recentes – dados apurados em 2013 pelo Seguro DPVAT – revelam que aproximadamente 50 mil brasileiros morrem em acidentes de trânsito todos os anos enquanto outros 440 mil ficam sequelados permanentemente.
Os custos envolvidos num acidente vão além do prejuízo material e do risco à própria vida: há gastos como hospitais, danos psicológicos à vítima e família, perda da produtividade no trabalho, entre muitos outros intangíveis. Trânsito bom é trânsito seguro.
Faça parte deste movimento!

https://www.maioamarelo.com/
Fonte: Prefeitura de São Paulo - Mobilidade e Transportes.
Link: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/transportes/maio_amarelo/index.php?p=239577

terça-feira, 17 de abril de 2018

Veja como converter multa de trânsito em advertência no Detran-SP

Alteração está prevista do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para condutores com bom histórico de direção. Solicitação pode ser feita online.
Departamento de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran-SP) informa que 2.018 motoristas solicitaram a conversão de multa em advertência no último ano. A alteração está prevista do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para condutores com bom histórico de direção.
De acordo com o órgão, a concessão da mudança de multa para advertência é facultativa, e não obrigatória. “O pedido pode ser negado caso o cidadão tenha cometido infrações que coloquem em risco a segurança no trânsito, como usar o celular ao volante, por exemplo”, explica Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran-SP.
Em 2016, o Detran-SP recebeu 2.006 solicitações de advertência, sendo que 213 foram deferidas. Em 2017 foram 2.018 pedidos e 139 deferimentos. Caso o condutor consiga o benefício, além de não receber a multa, ele também não fica com os pontos referentes à infração na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Como solicitar
O pedido pode ser feito online. No site do órgão, o motorista se cadastra, clica em “Serviços Online” e depois seleciona a opção ”Solicitar e acompanhar recurso de penalidade”, na área de “Infrações”.
Em seguida é preciso preencher, imprimir e assinar o formulário disponível na própria página. Na sequência, o condutor terá que digitalizar o formulário (por meio de scanner ou foto) e fazer o upload, anexando outros documentos necessários, listados na página, para possibilitar a análise. O acompanhamento do processo pode ser feito também pelo portal.

Quem pode solicitar
Pode fazer o pedido de conversão ao Detran-SP quem receber notificação de autuação do próprio departamento por cometer infração de trânsito de natureza leve ou média, desde que não seja reincidente na mesma infração nos últimos 12 meses. O prazo para a solicitação é de 30 dias corridos após o recebimento da notificação.
No caso de infrações registradas por outros órgãos, o motorista deve enviar o requerimento a eles, apresentando o histórico do prontuário, que permitirá a análise. O cidadão pode imprimir esse histórico no site Detran-SP em “Serviços Online”, ”CNH-Habilitação” e "Certidão e consulta de pontos na CNH".

Fonte: G1. Link: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/veja-como-converter-multa-de-transito-em-advertencia-no-detran-sp.ghtml