terça-feira, 21 de junho de 2011

Juiz do TRT aceita ação contra Sedersp

Marcos e Dilermando: acreditamos que a Justiça prevalecerá


Irregularidades serão
resolvidas até o final de junho


Em audiência ocorrida no dia 15 de junho, o Juiz do Trabalho da 21ª Vara da 2ª Região (São Paulo) acatou a ação impetrada por Marcos Marçal Ribeiro e Dlermando Rocha Jr, respectivamente secretário-geral e vice-presidente do Sedersp, que estavam sendo difamados sob o argumento de renúncia de seus cargos. Foram dados cinco dias para manifestação do Sedersp, re-presentado legalmente pelo presidente Rogério Cadengue. A decisão final deve ocorrer até o final do mês.
Segundo Marcos Marçal, o reconhecimento da Justiça à validade da ação é muito positivo para reestabelecer a ordem na representatividade da categoria de empresários do motofrete. “O Sedersp está à deriva. Tenho conversado com vários empresários e sindicalistas e os mesmos são unânimes em afirmar que o mercado está confuso, pois não sabe quem é o presidente. O nome do Rogério Cadengue é o que consta nos documentos legais, mas ele mesmo diz que o presidente é o Dennis e o site do Sedersp  mostra a assinatura do Dennis na Convenção Coletiva de Trabalho. Pelo estatuto só deveria ocorrer eleição daqui a dois anos, e na renúncia do presidente quem assume é o secretário-geral, cujo nome é Marcos Marçal”, explica. “Na verdade, o Sedersp está à mercê de ataques, pois o Rogério manipula as finanças do sindicato como se fossem suas, saca dinheiro em caixas 24 horas e deposita cheques do Sedersp em sua conta particular”, conclui. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário