sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

1º Workshop dos motociclistas de Taubaté e região

Tenente Prudêncio, Edmam, Natu, Donizete e Brilhante

O evento teve a finalidade de discutir e orientar 
sobre a lei que entra em vigor em fevereiro

 No dia 6 de dezembro aconteceu na cidade de Taubaté o 1° workshop dos motociclistas, que contou com as participações do 5° Batalhão da PM,  Comandado pela Major Nikoluck, Sindmotovale, Semmec, Departamento de Transito de Taubaté, Sest/Senat e BV Corretora de Seguros, empresários de ambos os setores e trabalhadores.  A finalidade do evento foi discutir e orientar os profissionais sobre lei 12009/09 que fala sobre obrigatoriedade do curso de capacitação e a resolução 356 do Contran, que trata sobre os equipamentos obrigatórios (colete, antena corta pipa, protetor de membros inferiores, baú, faixas refletivas, placa vermelha na categoria, aluguel/carga/passageiro) que já está em vigor.



Alguns participantes do 1° workshop


Mesa  Diretoria dos Trabalhos

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Lei Seca mais rígida

Governo Federal aprova Lei

O condutor que recusar o teste do bafômetro 
pode ser incriminado e pagará multa dobrada


Foi aprovado pelo governo federal o projeto de lei que torna mais rígidas as regras para a Lei Seca, para o motorista que for flagrado dirigindo embriagado. A partir do dia 15 de dezembro já estará em vigor, para reforçar a Operação Rodovida com a intenção de reduzir a alta taxa de acidentes entre o Natal e o Carnaval.
De acordo com o texto da nova lei, não será mais necessário que seja identificada a embriaguez do condutor, mas uma “capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou outra substância psicoativa que determine dependência”.
A comprovação dessa condição poderá ocorrer por “teste de alcoolemia, exame clínico, perícia, vídeo, prova testemunhal ou outros meios de prova admitidos em direito”. O texto também prevê o chamado direito à contraprova, ou seja, caso o condutor não concorde com os resultados destes testes, poderá solicitar que seja realizado o teste do bafômetro.
A multa está prevista para quem for flagrando dirigindo com qualquer teor de álcool no sangue. Já o crime de conduzir o veículo embriagado só é constatado por uma concentração igual ou superior a 0,6 gramas de álcool por litro de sangue.
As conseqüências para aqueles que não agirem de acordo com a lei sentirão uma divida dobrada no bolso 
Pois a multa que para esses tipos de casos custavam R$957,70 passa a ser R$1.915,40
Outra mudança realizada foi a previsão de que o recolhimento de um veículo, caso seja necessário, só poderá ser feito por serviço público ou licitado pela regra do menor preço.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Guarulhos realiza 2° seminário de Segurança Viária

Almeida, Atílio, Gerson Bittencourt e mebros da mesa


Parceria entre Prefeitura e Secretaria de 
Transportes tornaram possível o evento


No dia 11 de dezembro aconteceu o 2° seminário de Segurança Viária, de acordo com o tema da “Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito – 2011/2020”, lançada pela ONU (Organização das Nações Unidas) e com o tema “Desenvolvimento Urbano na Segurança Viária das Grandes Cidades”. O evento buscou reforçar conceitos que sustentem as ações públicas e da sociedade civil. Os assuntos abordados abrangem tanto a nível estadual e federal.
Edmam Coimbra, Editor do Jornal do Transporte
A Secretaria de Transporte e Trânsito divulgou as ações feitas no 1° seminário que aconteceu em 2011, no qual foram discutidos alguns temas sobre ocorrências de trânsito e sobre a taxa de mortalidade que cresce cada dia precoupando  a sociedade e os governantes no Brasil. Alem disso o Seminário contou com um debate sobre a importância de se intensificar as ações de educação, engenharia e fiscalização de trânsito em um cenário de integração e articulação dos órgãos públicos. De acordo com o Secretario Atílio Pereira os programas de prevenção devem ser articulados, criando sinergia para potencializar os resultados, com os custos diluídos entre os envolvidos.
“Nossa cidade está estrategicamente situada, sendo cortada por quatro importantes rodovias, além do Aeroporto Internacional de Cumbica, o maior da América do Sul, tendo o maior  terminal de cargas do país. Portanto, é de extrema importância tratar de forma conjunta os problemas do trânsito, que dizem respeito a todos, desde autoridades governamentais, esferas policiais, agentes de fiscalização, motoristas, pedestres, enfim, todos os cidadãos”, afirma o secretário.
Auditório do 2°Seminário de Segurança Viária de Guarulhos
O Jornal do Transporte marcou presença junto com o prefeito Sebastião Almeida, o vice Carlos Derman, o secretário de Transportes e Trânsito, Atílio Pereira, o diretor do Ministério do Planejamento, Roberto Garibe, e representantes do Legislativo Municipal, Estadual e Federal, das Agências de Transportes, como ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos), DERSA, além de autoridades do setor de segurança, como da Delegacia Seccional de Polícia de Guarulhos, das Polícias Federal, Rodoviária e Estadual.

Fotos: José Luis

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

FETACESP comemora o final de ano

José Fioravanti (Fetacesp) e Edmam Coimbra (BV Seguros)

O almoço aconteceu no dia 19 de dezembro 
 tendo participação de lideranças e empresários


A confraternização que é realizada todos os anos pelo FETACESP , mais uma vez contou com a presença de lideranças e empresário do setor.
O almoço foi realizado no dia 19 de dezembro no restaurante Fogo de Chão,
com a presença da maioria dos presidentes dos Sindicatos de Taxistas Autônomos do Estado de São Paulo.
José Fiarovanti (FETACESP) e Odemar Ferreira (St André)
O presidente da Fetacesp, José Fioravanti estava muito animado com o evento e com a presença de todos, que foram prestigiar-lo. “É uma honra cada ano que passa encontrar todos que representam a categoria, juntos nessa celebração e pode patrocinar esse almoço”.


mesa com familiares, entidades e empresários

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O cuidado com a venda de carros no mês de dezembro

Salvador Viera

Sindicato orienta para não haver
problemas na hora da venda


Os taxistas que forem vender o seu veiculo nesse mês devem fazer um notificação ao Detran, pois é de responsabilidade do taxista o pagamento do IPVA proporcional.
A conseqüência para não comunicação ao Detran, torna o vendedor, responsável pelo debito que for gerado pelo comprador. Como o prazo da transferência e de 30 dias é importante lembrar que devido festas de fim de ano não se pode deixar para ultima hora, para que seja cancelada tal debito a tempo. O protocolo é simples e sai na hora.
De acordo com Salvador Viera, Vice-Presidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo, alerta: “Fiquem de olho nos boqueiros que compram os veículos e se comprometem com o IPVA proporcional e não efetuam o pagamento, e ainda transferem para outro estado. Por isso a precaução no mês de janeiro deve ser redobrada, pois não tem como tirar o carro da praça sem o pagamento das taxas obrigatórias”.
Salvador ainda deixa uma mensagem para a categoria “desejo a todos, uma mesa cheia de paz, alegria e saúde que 2013 proporcione muita prosperidade para vocês”.



sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Semmec amplia sedes regionais

Cristiano e Brilhante

“O trabalho de apoio aos empresários motofretistas 
e mototaxistas e aos empreendedores autônomos 
é o foco da nossa atuação”

A afirmação é do presidente do Semmec, Antonio José Brilhante, que informa a criação das sedes regionais de São José dos Campos e região e de Ribeirão Preto e região.
Foram designados o Sr. Cristiano como titular da sede regional de São Jose dos campos e a Sra. Marisete para a sede regional de Ribeirão Preto e região.
“A base territorial do nosso sindicato abrange todo o estado de São Paulo, e estamos aptos, jurídica e operacionalmente para dar suporte a todos os empresários e profissionais autônomos do nosso estado”, diz Brilhante.



Serviço
     
  Email do Semmec (Brilhante):    brilhante@semmec.com.br

Email do Semmec (Silvia):         silvia@semmec.com.br

          Email do Cristiano:                       gerencia@masterbop.com.br

         Email da Marisete:                       saraitscorpion@hotmail.com

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Natu fala sobre as conquistas feitas pelo Sindmotovale em 2012

Natu, presidente do Sindimovale



Entrevista aborda vitórias e dificuldades da categoria 

Benedito dos Santos, presidente do Sindicato que representa motoboys e motofretistas do Vale do Parnaíba, concede entrevista exclusiva para o Jornal do Transporte, onde citou as principais conquistas do Sindicato e os futuros projetos para 2013.

JT: Quais foram as principais conquistas e dificuldades que o Sindmotovale enfrentou esse ano? 
 
Natu: As dificuldades foram muitas, as principais foram a falta de apoio da classe política em geral que estava apenas preocupada com as Eleições Municipais, deixando de lado os assuntos que realmente interessam a população e a nossa categoria que é mais cresce no país; Tomando com a total falta de interesse por parte dos patrões que preocupados com a obtenção de lucro a qualquer custo, se esquecem que sem mão de obra qualificada perderão contratos em curto prazo. 
Esta atitude fez com que seus clientes passem a contratar diretamente a mão de obra a fim de garantirem as entregas de mercadorias a seus clientes, evitando inclusive o risco de serem co-responsáveis nas questões trabalhistas. A fim de amenizar as dificuldades dos trabalhadores, o Sindmotovale através da negociação fechou novamente a Convenção Coletiva de Trabalho, garantindo ganho real aos trabalhadores, incluindo Seguro de vida, convenio Odontológico, Participação nos lucros da empresa, convenio de assistência 24 horas ao Trabalhador e a motocicleta, plano de assistência Funeral extensivo aos seus familiares, o fornecimento do colete e pagamento do curso obrigatório por parte dos empregadores, entre tantos outros benefícios. 
Na cidade de São Jose dos Campos temos parceria com o Banco do Empreendedor Joseense e Banco do Povo disponibiliza empréstimo de até R$ 8.000,00 praticamente sem juros para a troca da motocicleta e compra de equipamentos, alem de incluir toda a categoria em um projeto de isenção do pagamento de ISS, através de outros convênios proporcionamos descontos significativos nas inspeções obrigatórias. Na ocasião da mudança da categoria das motocicletas, outro convenio firmado garante aos associados um cartão personalizado que alem de proporcionar descontos em uma ampla rede de comercio e de serviços, incluindo a possibilidade de utilização com diárias a partir de R$ 15.00 em um clube de ferias com atendimento em todo o Brasil e também pode ser utilizado para crédito.

JT: Para o ano de 2013, o que o Sindicato pensa em fazer?

Natu: Para o ano de 2013, pretendemos intensificar os contatos com as prefeituras da Região Metropolitana do Vale do Paraíba a fim de padronizar as Leis Municipais, incluindo a regularização dos motofretetistas e mototaxistas, para facilitar o atendimento a toda a categoria estaremos inaugurando sub-sedes em vários municípios.

JT: Que tipo de mensagem você tem para dizer a categoria?

Natu: Que o ano que se aproxima seja de muitas conquistas em todos os sentidos, sejam pessoais, sentimentais, comerciais e especialmente espirituais, e que juntos, trabalhadores e empregadores possamos avançar no combate a falta de condições de trabalho, na diminuição dos índices de acidentes envolvendo a categoria, e na melhoria da qualidade de vida, nossos e de nossos familiares. 
Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.

Sind-lotação quer independência econômica em GRU


A proposta é receber o 
dinheiro direto do povo


Após diversas paralisações dos permissionários em Guarulhos, devido à falta de pagamento, que não recebem a mais de 5 meses; Sindicato agora luta para independência econômica. Segundo Cícero Araújo mais conhecido como Mossoró, presidente do Sind-lotação, o dinheiro é repassado primeiro a prefeitura para chegar à categoria gerando uma grande dependência. O sindicato já entrou com um edital e um pedido de ação, para que a forma econômica seja mais direta, assim promete reduzir os preços das passagens, caso for aprovado irá custar R$2,00(atualmente o valor é R$3,00).
“Eles alegam não ter o dinheiro, enquanto nossa categoria passa fome, agora vamos tentar uma solução,queremos receber direto do povo e vamos abaixar a passagem,pois não queremos prejudicar o cidadãos que são tão honestos conosco e sim melhor cada dia o sistema de lotação na cidade. O ano de 2013 tenho certeza que vai melhorar por isso não percam as esperanças”, desabafa Mossoró.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Sindicato do ABCD faz agredecimento para os taxistas


Odemar Ferreira, agradece a categoria 
pelos avanços feitos em 2012

Este foi um ano de alegrias, tristezas, realizações para o Sindicato.
Mas o mais importante é refletir sobre os acontecimentos, a jornada do dia-a-dia e, concluir ao final, que tivemos um saldo de crescimento e aprendizado.  Agradecemos a todos os taxistas por um ano de cooperação, confiança e união, mostrando o quanto somos fortes.
Desejamos que este ano que vai entrar de 2012, seja o início da construção de um caminho de amor, alegria e de esperança.
Feliz Natal e um prospero Ano Novo Cheio de Saúde, prosperidade, paz e realizações infinitas!


Odemar FerreiraPresidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos de Santo André

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Sindimoto lembra das vitórias em 2012 e agradece a categoria



“Perder com classe e vencer com ousadia, 
pois o triunfo pertence a quem mais se atreve.”      
                 C.Chaplin


Mais um ano que se passa e com ele as nossas expectativas. Cada um deve fazer o seu “balanço” anual. As metas que planejamos os obstáculos que superamos as derrotas que sofremos e principalmente, AS VITÓRIAS que conquistamos. Isso mesmo companheiros: AS VITÓRIAS! Afinal, por menor que pareça ,foi a sua vitória.
E isso que importa, a sua visão, o seu ímpeto e a vontade enorme de iniciar um novo ano com muitas, mas muitas mesmos, muitas VITÒRIAS ainda que, para alguns, elas (as suas, as nossas) aparentem insignificância. Da prestação da “motinha” ao contrato da casa própria; da cura de uma enfermidade ao nascimento de mais um filho, neto, sobrinho, irmão, da conclusão do ensino fundamental ao ingresso na faculdade; enfim, da perda de um amigo a descoberta de um novo amor.
Qualquer que seja a sua VITÓRIA não tenha vergonha de comemorar e acreditar que o ano que se finda servirá como aprendizado e se não foi este ano o inicio de seu projeto, comece agora em 2013 sem medo de errar, mas se errar lembre-se que, foi tentando.
Imaginemos o que seria da humanidade se as mentes mais brilhantes desistissem de seus projetos e ideais logo no primeiro, segundo ou terceiro obstáculo...
Por isso, acredite que os anos passam e se você não começar logo o seu “projeto de vida”, pode ser um pouco tarde o ano que vem. “Sabemos que agora, a famosa tapinha nas costas” vem acompanhada de uma “cesta de natal” e um sorriso amarelo do patrão. Aproveite na hora do “churrasco” e diga a ele sutilmente: “Que tal um aumento de salário pra começar o ano melhor ainda hein, Patrãozinho ou melhorar a PLR?”.

Boas festas e Feliz 2013!
São os sinceros votos de toda a diretoria do SINDIMOTO (O ORIGINAL) 
Aldemir Martins (Alemão)
Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Motociclistas Empregados de São Paulo -SINDIMOTO/SP


quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Comunicado importante


Mochila Esquecida em Taxi

Foi esquecida no dia 03/09, atrás do banco do motorista de um taxi, uma mochila azul marinho, Jansport, contendo notebook Apple com acabamento em alumínio. O computador é de 2007 mas contém importantes informações de trabalho. A corrida aconteceu das 21h às 21h20, da R. Diogo Moreira c/ av. Faria Lima, até o Clube Paineiras do Morumbi (Av. Alberto Penteado, 605). Recompensa-se. José Henrique (11) 99362-0652.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Clandestinidade de mototáxi em Taubaté

Natu, Presidente do Sindimoto Vale

Cerca de 13 agências 
estão atuando fora da lei


Atualmente em Taubaté a atividade de mototáxi é permitida, porem no últimos tempos a categoria vem enfrentando sérios problemas por falta de fiscalização.
A prefeitura autorizou a atuação de 405 mototáxis sendo 45 em cada uma das nove agências cadastradas no Departamento de Trânsito da Cidade.
Apenas serão legalizados os profissio-nais que estiverem ligados a agências.
Pelo menos 13 agências, com cerca de 150 funcionários, atuam de forma clandestina.
Os responsáveis pela fiscalização do setor são os agentes de transito, o mototaxista que for pego trabalhando clandestinamente na cidade pode ter a moto apreendida e ainda terá que pagar uma multa de cinco UFMTs (Unidade Fiscal do Município de Taubaté no valor de R$ 651,35.
A outra dificuldade que os mototaxistas vem enfrentando também, são os problemas com o valor da diária para rodar na cidade.
“Cada um paga uma diária de R$ 12 a R$ 15 por dia para a agência e não tem nenhum benefício, além de não garantir segurança ao usuário.
Os mototaxistas também não são registrados como deveriam”, disse Benedito Carlos dos Santos, presidente do Sindimoto Vale (Sindicato dos Motofretistas, Motociclistas e Mototaxistas de São José, Vale do Paraíba, Litoral Norte e Região).
O Ministério Público investiga desde 2010, a partir de denúncias de trabalhadores, supostas irregularidades na atividade em Taubaté, como a falta de segurança para motoqueiros e passageiros e de vínculo com empregador. 
“Solicitamos permissão para que seja formada uma cooperativa, mas a prefeitura ainda não nos deu retorno. Se isso acontecer, muitos irregulares vão sair de cena”, disse Natu.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Feira Taxi Point 2012 atrae taxistas e família no fim de semana

Lideranças na Taxi Point: Odemar Ferreira (Presidente do Sindicato ABCD),
José Fioravanti (Presidente da Federação) e Salvador Viera (Vice-presidente do Sindicato de SP)

O evento aconteceu nos
dias 18 e 19 de agosto 

A Taxi Point é uma feira nacional que é voltada para os taxistas, frotas cooperativas entre outros, chega a mais uma edição com sucesso.
Com o intuito de fornecer serviços para os taxistas, desde negócios, informações e prestações de serviço, que ocorreu nos dia 18 e 19 de agosto no Centro de Exposição dos Imigrantes.
Tendo a presença da Federação dos Taxistas Autônomos do Estado de São Paulo, Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo e do ABCD, e também a categoria de outros estados do País.
E presidentes e representante de sindicatos de todo o Brasil.
“É uma honra está aqui, como todos os anos não pude deixar de participar, onde temos o orgulho de ter uma feira voltada para nós” declara José Fioravanti, presidente da Federação de Taxistas Autônomos do Estado de São Paulo.
O Jornal do Transporte junto com a BV Seguros, destacaram a sua presença no evento, oferecendo a todos uma massagem relaxante, e com direito a pipoca.
Nosso convidado Salvador Vieira (Vice-presidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo) fez uma palestra no 2° dia do evento, esclarecendo duvidas sobre documentação sindical, onde a categoria pode consultar qualquer informação. 
No evento era possível fazer um test drive com diversas marcas automotivas e ter acesso a vários serviços (realizar serviços de seguros, assistência medica, comunicação, acessórios e etc.).
Os responsáveis pela rea-lização do evento é o Grupo Cipa Fiera Milano.

Antonio Matias “Céara” (Presidente do SIMTETAXIS), Marcos (SIMTETAXIS),
Edmam Coimbra (Editor do Jornal do Transporte), Salvador (SIMTETAXIS) 
Estande da BV Seguros/Jornal do Transporte


Sindicato do ABCD participa do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana de SCSul

Odemar ferreira, Presidente do Sindicato

Opinião do Sindicato é importante para 
a melhoria dos deslocamentos urbanos

O conselho Municipal de Mobilidade Urbana de São Caetano do Sul quer tornar o trânsito mas seguro. 
Assim, planeja e executa inúmeras melhorias no setor e faz  elaboração de programas educativos (para a conscientização de motoristas e pedestres).
Em função disso o Semob solicita a indicação de dois membros do Sindicato do ABCD.
É uma participação que confere transparência à gestão  o que é particularmente relevante por se tratar de um serviço pelo qual a autoridade pública tem responsabilidade na vida das pessoas e nos deslocamentos diários.
Esse convite que muito honra ao Sindicato dos taxistas é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela atual diretoria.
No que diz respeito ao treinamento dos taxistas do ABCD, Odemar Ferreira informa para aqueles que queiram participar o curso de Inglês, tem uma nova opção além do programa taxista nota 10, com grandes descontos. A parceira e  com a escola CLM Idiomas que está oferecendo grandes descontos. 

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Mudanças na lei gera preocupações para motofretistas


Novas regras já são validas em agosto

Não é o momento para a categoria se tranqüilizar, a CPTran informou que a fiscalização das motocicletas utilizadas na atividade obedecerão a critérios gerais, tais como a visualização de pneus que ofereçam condições de segurança, equipamentos obrigatórios, capacete de segurança e sua utilização, documentação do veículo e condutor, condições de visibilidade da placa, dentre outros itens.
Deve se ter muito cuidado, pois os que não cumprirem as normas terão que arcar com no mínimo R$191,54. As empresas e pessoas físicas que forem contratar o serviços de um motoboy, serão responsáveis por danos cíveis do descumprimento das normas relativas ao exercício da atividade.
A fiscalização do curso de capacitação profissional foi adiada para o dia 2 de fevereiro de 2013.
O inicio da fiscalização do curso era previsto para o dia 4 de agosto, mas não foi possível pois o número de vagas oferecidas pelo SEST/SENAT não supria a demanda de motoboys na capital. A situação era alarmante, apenas 2% dos motociclistas fizeram a capacitação.Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), aproximadamente 4.500 motociclistas realizaram o curso na cidade, sendo que a capital paulista tem cerca de 220 mil profissionais.
Tendo como uma das principais dificuldades, foi a proibição de outras entidades que forneciam o curso, sendo de uso exclusivo apenas a capacitação no SEST/SENAT. A medida tomada pelo Contran foi o aumento das entidades que poderão oferecer os cursos especializados.
Os cursos agora poderão ser promovidos também pelos Centros de Formação de Condutores (CFCs) e por entidades de ensino, desde que comprovada a capacidade técnica necessária.
É poderá ser realizado de forma presencial ou por ensino à distância. Com o objetivo a facilitar o acesso dos motociclistas ao treina-mento.
Buscamos informações com a PM e com a Prefeitura de SP. A Policia Militar, atraves do Capitão Paulo Oliveira - chefe do setor operacional do CPTran, informa que manterá a fiscalização, conforme nota de esclarecimento publicada acima.
A Prefeitura de SP informa que está mantido o atendimento a todos os interessados e recomenda que continuem buscando a regularização dos documentos, para evitar a correria  de última hora. Abaixo um quadro demostrativo dos documentos necessarios para a regula-rização do Profissional Motofretista junto aos orgãos de controle e fiscalização do municipio de São Paulo.


segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Alerta para os motociclistas sobre os cuidados na fiscalização

Benedito Santos, Presidente do Sindimoto Vale


Sindimoto Vale de S.J dos Campos, 
fala sobre a atenção na Regulamentação

Uma semana após o Dia Nacional do Motociclista, que alias não tem porque comemorar, iniciou-se a FISCALIZAÇÃO sobre o exercício das atividades de motofrete e mototaxi em todo o Território Nacional, o que vem “ASSOMBRANDO” a todos os trabalhadores e empresários do ramo de moto-entrega. 
Tudo poderia ser diferente se as autoridades andassem lado a lado com a categoria, a justificativa segundo nossos governantes é devido ao “suposto” alto índice de acidentes envolvendo os motociclistas. Estamos fazendo a nossa PARTE e orientando a categoria em relação ao cumprimento das novas regras. Não é motivo para relaxarmos, por mais que a regulamentação do curso seja adiada para fevereiro mesmo assim já corremos um serio risco de enfrentamos penalidades se não cumprirmos as normas dos equipamentos.
A determinação do uso de coletes, capacetes e baús para carregar mercado-rias estejam equipados com faixas que reflitam à luz. É obrigatório também o uso do “mata-cachorro” e “o corta-pipa”. E quem for trabalhar de mototáxi, deve ainda equipar as motocicletas com alças metálicas traseira e lateral para o apoio do passageiro. 
As motocicletas terão de ser cadastradas no Detran como veículos de aluguel elas terão placa vermelha, como os táxis. Se não tivermos cuidados com esses requisitos sofremos até risco de suspensão, isso também vale para as empresa que contratam os serviços. Se nada for feito e se também os Municípios não fizerem sua parte, enfrentaremos uma verdadeira tragédia no transporte de produtos e serviços, a exemplo da greve dos caminhoneiros, que lutam legitimamente contra regras muito mais flexíveis que as que nos estão sendo impostas. Queremos sim cumprir a Lei, mas contamos com a boa vontade das AUTORIDADES e quem sabe num futuro próximo podermos contar com os benefícios da REGULAMENTAÇÃO.

* Depoimento do Presidente do Sindimoto Vale , Benedito Santos, “Natu”.

domingo, 5 de agosto de 2012

Implantação do Bilhete único leva permissionários de Guarulhos à falência

Antonio Santana, Presidente do Sind-lotação de Guarulhos

Sindicato promove manifestações 
com intuito de pressionar a prefeitura

A Decisão da prefeitura de Guarulhos, Há mais de 1 ano vem gerando polemica e frustração para o Transporte alimentador da cidade. Devido à fixação do bi-lhete único, está sendo feito uma serie de manifestações para estabelecer uma melhoria para os condutores e a população. A principal reivindicação da cate-goria é o reajuste da remuneração paga aos motoristas, já que antes do bilhete único, eles recebiam por passageiros transportados e preferiam esta forma.
Segundo o Presidente Interino do Sind-Lotação de Guarulhos Antônio Fernando Santana, ficou impossível para categoria dos permissionários do transporte alimentador da cidade permanecer na base de sustentação do mandato de Sebastião Almeida atual prefeita da cidade, que implantou a caixa do Bilhete Único, sem construir terminais, corredores e malha viária e sem dar tempo suficiente para aquisição dos novos veículos para operação do sistema. 
“Não se pode deixar aliados morrerem de fome, Com consecutivos atrasos no subsidio das passagens do sistema de transporte público de Guarulhos, e constantes atrasos de repasses aos permissionários, ocasionou uma quebradeira geral dos mesmos. Não temos dinheiro para pagar o seguro e monitoramento dos veículos, manutenção e nem para colocar óleo diesel, esta difícil segurar, o Sindicato terá que tomar medidas enérgicas para forçar a Prefeitura de Guarulhos a honrar seus compromissos estipulados em contrato, A Prefeitura não está pagando nenhum dos permissioná-rios em dia, e isso é muito perigoso há 2 (dois) meses da campanha”, declarou Santana. Este foi o principal motivo pela ruptura de uma parceria que a categoria do transporte vinha mantendo com o atual governo.
Indignado, Antonio Fernando Santana concede uma entrevista ao Jornal do Transporte.

JT: Como está à relação do Sind-Lotação com o atual governo de Guarulhos?
Santana: “Está muito complicada, nossa categoria apoiou este governo já há 4 (quatro) anos e a cada dia que passa ele nos deixa colocado em segundo plano desde benefícios para a categoria como direito estipulado por Lei, o subsidio”. Desde Março deste ano não nos pagam e desviam nosso dinheiro para pagamento de outras responsabilidade da Prefeitura que não tem nada haver com transporte.

JT: Vocês apoiaram o Prefeito Almeida na ultima eleição em 2008 e hoje não, a que se deu esta revira volta?
Santana: Sempre mantivemos nossa palavra e apoio a atual Administração Municipal, sempre trabalhamos juntos, mais derepente começaram a nos tratar como um patinho feio do sistema de transporte de Guarulhos, atrasando pagamentos, multando nossos veículos aparentemente sem motivo e a cada dia criando um clima super desagradável, inclusive o Secretário de Transportes Sr. Atílio Pereira nos tirando linhas rentáveis e as dando ás empresas de ônibus, não havia como continuarmos no mesmo barco.”

JT: De que forma se deu essa separação?
Santana: Nossa categoria se reuniu em assembléia geral extraordinária presidida por mim, e decidimos pela cobrança a prefeitura, apesar de todas as retaliações que nos foram direcionadas.

JT: Que tipo de retaliação?
Santana: Atraso de pagamento, fazendo com que tenhamos que atrasar as prestações dos carros, ocorrendo isso, temos que pagar multas e juros bancários que chegam a ultrapassar R$ 500 reais por prestação de veículo, são mais de 100, pagamos mais de R$ 50 mil/mês de encargos bancários por uma absoluta falta de responsabilidade do governo.

JT:Diga uma frase de apoio para a Categoria de Guarulhos.
Santana: “Quanto maior a luta, maior a vitória. E tudo posso naquele que me fortalece. Deus”.

sábado, 4 de agosto de 2012

Caiu a faixa xadrez nos táxis

Taxistas no auditório do Sindicato-SP no dia da anulação da faixa

Prefeitura de SP altera portaria 
devido solicitações de taxistas

Na edição 202 do JT, publicamos no editorial sobre a poluição visual que tais faixas causavam e também a insatisfação dos taxistas.
A tentativa da Prefeitura de São Paulo de dar uma nova identidade visual aos táxis da capital durou menos de um ano. A “nova identidade visual” dos táxis havia sido determinada por uma portaria do Departamento de Transportes Públicos (DTP), em 22 de agosto do ano passado. Tendo em vista tantas pressões dos taxistas a prefeitura tornou facultativa a utilização das faixas quadriculadas nas laterais.
A faixa era obrigatória para os táxis que estavam sendo acrescidos à frota da cidade.
Mas os taxistas antigos que trocassem seus veículos por novos só receberiam autorização para circular se também tivessem a nova sinalização.
Gilberto Kassab Prefeito de SP ressalta “Os taxistas podem ter certeza que suas su-gestões serão sempre ouvidas, pois queremos trazer o melhor para a ca-tegoria”. Segundo Marcelo Branco Secretário Municipal de Transportes de São Paulo fala “Essas mudanças mostram que a secretaria está de portas abertas para escutar a população, essa medida resultou de estudos feitos com base em solicitações dos taxistas”; alem da faixa o secretario informou que existe uma comissão de avaliação para o retorno das transferências de alvarás, que caso seja aprovado terá novas regras para evitar transferências irregulares.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Atendimento mais eficaz e aumento de custo em acidentes com motocicletas


Depoimento do Médico Socorrista do SAMU sobre a 
preocupação dos motociclistas envolvidos em acidentes de Trânsito

Dr Thomaz Cardoso também é professor de
Socorros e Advogado especializado em Direito Médico
Em 2008 o sistema único de saúde- SUS- registrou um gasto de cerca de 45 milhões de reais destinados a cobrir as despesas com acidente com motocicletas. Três anos depois, em 2011, este valor mais do que dobrou, atingindo 96 milhões. O numero de atendimento aos motociclistas também aumentou nos últimos quatro anos. Seguindo o levantamento do Ministério da Saúde, que mostra que também, pela primeira vez a mortalidade de motociclistas em acidentes supera a de pedestres e motorista. O crescimento dos Gastos acompanha o aumento das internações que passou de 40.000 para 77.000 hospitalizados no período.
Além do crescimento de fatores de risco importante como, o excesso de veloci-dade e consumo de bebida alcoólica antes de dirigir, o incremento na frota de veículos também e motivo para o aumento do numero de acidentes. Segundo o Ministério dos Transportes, a frota de motocicletas foi ampliada em 27%. O Levantamento do Instituto de ortopedia do Hospital das Clínicas de São Paulo, ligado a Secretaria de Estado da Saúde, apontou que a gravidade dos traumas dos pacientes internados subiu em 20% em 10 anos. De acordo com o ortopedista Kodi Kojima, coordenador do Grupo de Trauma do Instituto de eficiência no resgate, o numero crescente de acidente envolvendo motos e de alta energia e estão diretamente ligados ao aumento da gra-vidade de Traumas, ou seja, os acidentes ficaram mais graves e o socorro mais eficiente gerando situações de salvamento de vidas, mas com aumento de seqüelas e tempo de permanência na UTI.
Em meu dia a dia, atuando como socorrista do SAMU, atendo inúmeros acidentes envolvendo motociclistas, acompanho o drama das famílias e a dor destes cidadãos.
É meu papel salvar suas vidas, porem o cuidado não tem só a ver com a minha parte, que é atender com carinho e eficiência. Como cidadão não pode deixar de dizer que, na maioria das vezes, os acidentes de moto mais gravem não são provocados pelos motociclistas.
Estes são muitas vezes vitimas das condições de transito da cidade e dos motoristas dos ou-tros veículos. A rapidez do nosso serviço e o conhecimento do medico com que consiga salvar as vidas dos cidadãos, o que vem depois, em muitas situações infelizmente e desolador; Prontos socorros lotados, cirurgias demoradas, seguimentos ambulatorial difícil, fisioterapia impossível... 
Daí a nossa preocupação e comprimento.
São praticamente 1.000.000 da população que trafegam sobre duas rodas.
Somos todos responsáveis! 

Dr. Thomaz Cardoso de Almeida 
Médico Socorrista do SAMU

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Sindimoto Capital em Marcha


Que meus inimigos sejam fortes e bravos 
para que eu não sinta remorsos ao derrotá-los.
                                        Proverbio Sioux- Clã dos lobos

Aldemir Martins, Presidente do Sindimoto-SP

Causou no mínimo espanto a declaração da Pelegada do Sindicato dos Mensageiros dizendo ser contrários a REGUALMENTAÇÂO DO DENATRAN AOS TRABALHADORES MOTCICLISTAS .Enquanto dezenas de valorosos trabalhadores, enfrentavam a truculência da policia militar nas ruas, protestando nas marginais, o tal do Gilberto (SINDIMESP) apressava em declarar na imprensa, o que o ALDEMIR MARTINS (ALEMÃO  do SINDIMOTO) VEM DIZENDO  desde a primeira tentativa de nos explorarem mais ainda com taxas e exigências absurdas.: “ Nós não concordamos com as exigências e vamos á JUSTIÇA questionar a resolução do  DENATRAN”...o que eles não esperavam é que, a revelia de sua arrogância e prepotência,um grupo valoroso e revolucionário, fossem as ruas com o nosso discreto apoio, pois se tomássemos a frente, o estrago estaria feito.Um detalhe importante , foi a agilidade do burocratas do Contran em suspender a exigência do curso, temendo um adesão maior na capital dos MOTOCICLISTAS que, se organizavam em pequenos grupos para ajudar a resistir, e das demais regiões de São Paulo.Seria importante a categoria mostrar a sua força quando o aumento do DPVAt vier, quem sabe o Denatran pense duas vezes, antes de nos explorar em janeiro,aliás,fomos e somos, a única entidade no Brasil, que foi a JUSTIÇA questionar os aumentos absurdos nos últimos anos em relaçao ao seguro obrigatório (DPVAT) da motocicletas, mas não estranhe se a Pelegada disser por aí, que foram eles, já estamos nos acostumando...basta ler suas declarações em relação ao curso...”vamos na justiça!”..rsrsrs
Lembrando aos trabalhadores que se sentirem lesados pelas práticas antisindicais dos diretores do SINDIMESP (Gilberto e Cia) devem buscar seus direitos através do Ministerio Público do Trabalho e participar do Sindicato e de suas eleições.
Apenas para reforçar, a questão do curso obrigatório, o Denatran não tem poderes para legislar em matéria trabalhista ou ingerir em se tratando de categoria profissional,para isso, a CLT, nos garante (Sindicato Profissional) a Convenção Coletiva de Trabalho-CCT, que entre tantas coisas, estabelece as exigências para exercício da profissão acordado entre o sindicato profissional e o patronal.Por essas e outras que digo sempre, a regulamentação é para AUTONOMOS E NÃO PARA EMPREGADOS CELETISTAS, pois se assim não o fosse, para que serveria os SINDICATOS , além é claro, (no caso do SINDIMESP DO GILBERTO) fazer conchavos com alguns empresários e apoiar o Kassab, Alckmin,Denatran, Contran....e prejudicar os trabalhadores.
Enfim, companheiros trabalhadores motociclsitas, fiquem atentos e informados, pois o vento está soprando a nosso favor e muitas mudanças estão para contecer em breve, inclusive, no setor sindical, garantindo assim, a nossa luta e combate a esse governo hipócitra seja na esfera municipal ou federal, que em toda eleição, querem  tirar nosso suado dinheiro para financiar suas campanhas, através de medidas inconstitucionais e que visam apenas a arrecadação,pois se fosse para ajudar,aplicariam os dinheiros das multas em curso gratuitos de educação de trânsito e não para pagar salários de MARAJÁ aos seus subordinados. A luta continua!

Aldemir Martins ( Alemão)
Presidente do SINDIMOTO-SP


A 5° edição da feira Taxi Point, promete trazer novidades e melhorias para o setor


Fioravante(presidente da Federação dos taxistas)
 e Edmam Coimbra(editor do JT)

 A equipe do Jornal do Transporte junto
Pipoca no estande do
 JT- BV na Taxi Point 2011
com a corretora BV Seguros, marca a sua presença

Nos dias 18 e 19 de agosto, São Paulo terá uma feira voltada para os taxistas,frotas, cooperativas e representantes do segmento. O evento acontecerá no Centro de Exposições Imigrantes com intuito de fornecer veículos e autopeças, serviços de seguros, de assistência médica, comunicação, acessórios e uma ampla grade de palestras gratuitas, temas que agregam valor ao dia a dia dos taxistas e uma variedade de outros itens que serão mostrados na feira. 
 Estande do JT-BV com massagens
O Jornal do Transporte junto com o seu patrocinador oficial a corretora BV Seguros estarão com um estande, que irá promo-ver massagens e pipoca para a diversão do taxista e da família.O evento surgiu com a iniciativa do Grupo Cipa Fiera Milano, e tem como expectativa atrair 5 mil visitantes.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Greve na Receita Federal causa problemas para os taxistas

Salvador Viera, Vice-presidente do
Sindicato dos dos Taxistas Autônomos-SP

Auditores fiscais estão 
parados desde 1 de julho de 2012

Devido à mobilização de greve dos auditores fiscais que estão parados há mais de 1 mês, acarretou para os taxistas um serio dano para emissão da insenção. Com isso o taxista acaba atrasando a troca do carro.Para quem quiser ir dando entrada na documentação, está sendo protocolada normalmente. Salvador Viera, vice-presidente do Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo, alerta para que seja feita uma agilização de pedido na insenção. “Peço a todos os taxistas, que a entrada seja feita agora, mesmo com a grave. Pois assim que voltarem a funcionar pois é a analise de pedido e feita por ordem cronológica”.

terça-feira, 31 de julho de 2012

Taxista Nota 10 capacita a categoria para cursos de Inglês e espanhol para a copa 2014

Odemar Ferreira, Presidente
do Sindicato dos Taxistas Autônomos do ABCD

Chegou a hora de se profissionalizar
 para o grande evento em 2014

A novidade que vem alegrando a ca-tegoria na Região de Santo André, é o programa taxista nota 10 que vai ofe-recer gratuitamente cursos de espanhol e inglês e capacitação em Gestão de Negócios.
É uma parceria do Sebrae com a Confederação Nacional do Transporte (CNT), o Serviço Social de Transporte (Sest), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e a Escola do Transporte que acaba de chegar à região. O objetivo desse projeto, totalmente voltado para os taxistas, é o de preparar os profissionais para atender aos turistas durante o Mundial de Futebol de 2014.
As inscrições estão abertas e podem ser feitas diretamente na sede do Sest Senat na região (Rua Vereador José Nanci, 300, Bairro Jaçatuba, Santo André). 
Os telefones para informações são o 0800-728-2891


segunda-feira, 30 de julho de 2012

Abrigos de táxis: grande novidade em Santo André

Abrigos de táxis em Santo André

Abrigos de táxis são construídos 
nos mês de julho, para conforto da população

Santo André agora traz uma novidade, os abrigos de táxis. 
Foram construídos pela Prefeitura da cidade em meados de maio com intuito de trazer uma melhoria e maior visualização para o taxista e a população, sendo todas padronizadas. As obras foram finalizadas no dia final de julho com pleno sucesso.
Para essa obra se tornar possível agradeço aos senhores, Aidam Ravin (prefeito da cidade), Alberto Rodrigues cavalinho (secretario de obras e serviços públicos), Paulo Lemos de oliveira (diretor dos transpor-tes) e o Rubens Daniel (gerente de controle operacional)”, agradece Odemar Ferreira Presidente do Sindicato.
Odemar, ainda ressalta que está tentando com a prefeitura uma documentação que permita a bandeira 2 no mês de dezembro, pois não existe para os municípios de Santo André, São Bernardo, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires nenhum tipo documento oficial. “Temos medo de acontecer qualquer incidente e não termos algo que comprove que estamos agindo certos, por isso pedimos à prefeitura que avalie nosso pedido”, diz o presidente do sindicato.

sábado, 5 de maio de 2012

Poder Judiciário usurpa prerrogativa do Poder Executivo em Guarulhos


Mossoró, Presidente do Sind-Lotação
Entrevista  exclusiva com o presidente do 
Sind-lotação,fala abertamente sobre 
as dificuldades que estão tendo


Por mais de cinco vezes foram instaurados processos de impugnações na cidade, conseguindo na justiça liminares impedindo o andamento do processo licitatório pela Prefeitura Municipal de Guarulhos. Os problemas que isso vem acarretando aos Permissionários do sistema que atuam há mais de 15 anos na cidade, os quais pagaram outorga (taxa cobrada pelo poder público de 2% do valor do contrato por 10 anos, que chega até o valor de R$ 35 mil reais por permissão) para poder operar no sistema do transporte alimentador em Guarulhos. Cícero Sebastião “Mossoró” de Araújo, presidente do Sind-Lotação em uma exclusiva para o Jornal do Transporte , ele fala sobre a legalização do transporte alimentador, na qual já tornou-se frequente as impugnações no Poder Judiciário por parte de pessoas que dizem sentirem-se prejudicadas pela forma que o processo esta sendo conduzido:

JT: Como esta a legalização do transporte alimentador na Cidade de Guarulhos ?

Mossoró: Enquanto existir esta briga o Juiz da 1ª Vara com o Prefeito, o prejudicado vai ser sempre o trabalhador. Costumo dizer que em briga de elefante quem apanha e a grama, neste caso os trabalhadores do sistema é que estão sendo prejudicados com esta onda absurda de liminares, e a população no meio desta briga, esta gastando mais pelo fato de ter que utilizar dois ou três ônibus para poder chegar ao seu destino, visto não ser possível utilizar o bilhete de integração.

JT: Quanto foi investido por cada permissionário para participar do processo licitatório?

Mossoró: Além dos R$ 200 mil Reais do valor do micro-ônibus e do validador, mais a primeira parcela da outorga, o que mais se gasta é a saúde que eles estão perdendo em detrimento deste impasse, enquanto isso as pessoas que não se prepararam para a licitação, encontraram um mercado muito lucrativo, o da venda de liminares.

JT: o que é venda de liminar, explique?

Mossoró: Por exemplo, até para quem já morreu há cinco anos atrás, o Poder Judiciário está concedendo liminares para que possam operar no sistema através de Vans, pessoas que nunca participaram do sistema alimentador de Guarulhos estão ganhando muito dinheiro vendendo ilusão através de liminares

JT: Qual seria a solução para o problema?

Mossoró: É muito simples, precisa apenas  que o Prefeito chame a si a responsabilidade a qual eleito, o de representar a população que lhe elegeu, que esta sofrendo também com esta enxur-rada de liminares, basta ele assinar um DECRETO, no qual permita aos verdadeiros permissionários de Guarulhos  trabalharem e viver em paz, se o Poder Judiciário não permite um processo licitatório, que o Poder executivo utilize-se desta prerrogativa.


sexta-feira, 4 de maio de 2012

Sindimoto Vale veta lei que proibia mototaxi em São José dos Campos

Mototaxistas vão exercer 
atividades sem preocupação

No dia 25 de abril o Tribunal de Justiça de São Paulo, julgou o procedente a ADIM (Ação Direta de Inconstitualidade) movida pelo Sindimotovale para vetar a lei municipal de n° 6.360 que proibia a circulação na cidade; A luta vinha ocorrendo desde 2003 pela legalidade.
A próxima medida que o sindicato irá tomar é a realização de uma assembléia que acontecerá no dia 5 e 12 de maio para orientar os condutores a usarem equipamentos de segurança, discussões sobre inicio do trabalho e campanha do Dia do Carona (pedestres podem pegar carona com motociclistas que pretendem usar o serviço de mototaxi).
É obrigatório ter o curso de 30 horas.
A convocação está sendo feita por meios de comunicação locais, redes sócias, cartazes e planfetos que estão espalhados na cidade.

Nattu: A espera foi longa, mas com muita insistência conseguimos

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Uso da carta-frete terá multa a partir do dia 15 de maio

Valor das multas variam de 
R$550,00 até R$10.500,00

A ANTT (Agência Nacional de Transpor-tes Terrestres) divulgou que vão ser penalizados os transportadores que utilizarem a carta-frete como pagamento no transporte rodoviário de cargas; sendo de responsabilidade solidária (serão cobrados, os donos das cargas, as transportadoras e os motoristas).
Multados em 50% do valor total de cada viagem que podem chegar até R$ 10.500,
o transportador autônomo também será punido com multa de R$ 550 e até ter o seu RNTRC (Registro Nacional de Transportador Rodoviário de Cargas) cancelado. O pagamento agora é feito por depósitos e saque em conta bancaria; Através desse sistema eletrônico, o governo pode fazer o recolhimento de impostos e encargos sociais.
A UNICAM (União Nacional dos Caminhoneiros) vai distribuir meio milhão de cartilhas com explicações e orientações sobre a mudança no Brasil e serão entregues as autoridades, motoristas, transportadoras, secretarias e divulgados em todos os meios de comunicação.
O presidente da UNICAM diz que essa mudança é para beneficiar a todos e ressalta o cuidado que os motoristas devem ter ”Quem acha que lei no Brasil não funciona, está enganado, porque estão espalhados em todos os postos, estradas e pontos de caminhões e realmente está funcionando” ressaltou José Araújo da Silva “China”.
A carta-frete é um papel informal, não fiscalizado pelo governo, que é utilizado há mais de 50 anos no Brasil. A resolução de n°3.658 que proibi o uso indevido do pagamento de frete foi regulamentada em 27 de abril de 2011.

China: Cuidado, essa lei funciona!

quarta-feira, 2 de maio de 2012

PSDB realiza o 1°congresso nacional sindicalista com lideranças


O evento teve como objetivo debater 
as políticas voltadas ao trabalhador

O 1º Congresso Nacional do Núcleo Sindical em São Paulo, aconteceu no dia 27 de abril na Casa de Portugal.
Cerca de 2 mil pessoas participaram do evento, que discutiu temas como mudanças na política econômica, desenvolvimento, distribuição de renda, fortalecimento do mercado interno, jornada de trabalho de 40 horas semanais sem redução de rendimentos e salário e condições iguais entre homens e mulheres.
O congresso contou a presença de lideranças como o governador Geraldo Alckmin; o ex-governador José Serra; o senador Aécio Neves; o presidente nacional do PSDB, deputado Sérgio Guerra; o presidente estadual do PSDB-SP, deputado Pedro Tobias; o presidente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Barros Munhoz; o presidente da Força Sindical, Paulinho; além de diversas lideranças parlamentares e sindicais de todo o país.

Lideranças abordam temas diversos como: Desenvolvimento, distribuição de renda, jornada de trabalho entre outros

“Queremos melhorias em todos os todos os setores transporte, educação e saúde. Estaremos recebendo cartas dos sindicatos e orientando nas diversas mudanças; No transporte estamos trabalhando em cima das propostas a serem feitas oferecendo o melhor a todos” 

Geraldo Alckmin, Governador (direita) e
José Serra, ex-governador(esquerda)
afirma Serra, e o Alckmin, acrescentou:
“Não tem social-democracia sem a organização dos trabalhadores”, que recentemente nomeou Carlos Ortiz, da Força Sindical, para a Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho.


2 mil pessoas de diversos estados representando o seu sindicato

terça-feira, 1 de maio de 2012

Taxistas, fiquem de olhos nos pontos na CNH


Orientações são feitas
Para prevenir os motoristas 
de futuras frustrações

O Sindicato dos taxistas autônomos da cidade de São Paulo registrou nos últimos tempos o número alto de casos irregulares, de pontos na CNH (carteira nacional de habilitação). A estimativa é de 100 a 120 casos por mês. 
Muitos taxistas deixam para solucionar essas irregularidades no curto prazo para a renovação, atrasando todos os tramites e tendo que ficar um período sem trabalhar ou em alguns caso até perder o emprego.
• O correto é dar entrada na renovação com o prazo de 8 meses antes, para não ficar em cima da hora (que está com tudo em dia pode da entrada com 1 mês antes).
• Se houve mudança de endereço é obrigatório falar com o Detran para que possa ter um acompanhamento.
• Agir com cautela e ser gentil com os agentes é necessário, pois discussões não vão resultar em nada e pode prejudicar mais a situação.
Salvador Viera vice-presidente do sindicato, ainda ressalta o cuidado que devem ter com falsas divulgações que prometem solucionar os pontos da carteira.
“Não acredite em ofertas milagrosas e Papai Noel, a única maneira que funciona nesses casos é a punição, somos orientados a cumprir a lei”.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Instituto Duas Rodas

Alemão, presidente do Sindmoto- SP; Carlos Ortiz, Secretário do Trabalho e emprego e
Natu, presidente do Sind. Motoboys e Motociclistas de S.J. do Campos
 


Representantes temem que 
Sest Senat não dará conta
da demanda de cursos de 30 horas

Alckmin (centro) e representantes de sindicato
dos Motoboys e Motociclistas de GRU
O secretário do Emprego e Relações do Trabalho, Carlos Ortiz, se reuniu no dia 02 de abril com representantes de sindicatos dos motociclistas do Estado de São Paulo para discutir sobre o curso de qualificação profissional para motofrete. O encontro aconteceu dias depois da reunião dos representantes com o governador Geraldo Alckmin, que se comprometeu a encaminhar em nível estadual as reivindicações da categoria, sobretudo em relação à fiscalização da regulamentação, que precisa começar para valer em agosto deste ano.

Alckmin (centro) e representantes de sindicato
dos Motoboys e Motociclistas de S.J. do Campos 
“Tivemos hoje um diálogo aberto e claro sobre as necessidades de qualificar estes profissionais. Com esta iniciativa, serão beneficiados os motofretistas, as empresas e o cidadão paulista, e este é o nosso foco”, afirma o Secretário de Estado do Emprego, Carlos Ortiz. O governo estadual pretende oferecer, gratuitamente, 3.390 vagas para o curso de 30 horas de motofrete através do Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ), em convênio com o SEST/SENAT. A estrutura curricular exigida pela legislação federal do motofrete envolve tópicos como: Ética e cidadania na atividade profissional, Noções básicas de legislação, Gestão do risco sobre duas rodas, Segurança e saúde, Transporte de pessoas ou Transporte de cargas e Prática veicular individual específica (carga ou pessoas).



Marcos Marçal e o Governador Geraldo Alckmin



terça-feira, 17 de abril de 2012

Sindicato dos taxistas empregados é reconhecido pelo Ministério do Trabalho

Ceará e Dra. Aylza Gudin chefe da seção de Relações
do Trabalho do Ministério do Trabalho

Simtetaxis acaba de
conseguir sua certidão sindical

Ele foi fundado em 19 de agosto de 1994, mas só 18 anos depois o Simtetaxis conseguiu o registro sindical que lhe dá a autoridade para representar os taxistas empregados da cidade de São Paulo. Presidido por Antônio Raimundo Matias, mais conhecido como Ceará Preto, a entidade acaba de receber o documento das autoridades. “Anunciamos hoje, em nome de José Duarte, fundador do sindicato, que sua luta não foi em vão, que cada noite perdida de sono naquele tempo foi um tijolo assentado para à vitoria deste dia. É com orgulho e satisfação que apresentamos a vocês a prova física desta conquista, materializada na forma de uma carta uma certidão, aqui esta diante de vocês nossa certidão sindical. Nossa prova de maior idade, e mostra de que somos capazes, somos uma cate-goria e acima de tudo uma família. Em nome de minha diretoria. E por todos os dias e noites de luta, que não terminam com a publicação desta CERTIDÃO SINDICAL que é DEFINITIVA, mas sim ganha força e renova o fôlego, parabenizo a todos e renovo o compromisso com a categoria de trabalhar duro para alçarmos vôos maiores ainda. E garantimos nossa presença na historia do sindicalismo Nacional e a perpetuação de nosso trabalho nesta Cidade de São Paulo. Agora de acordo com a LEI Nº 12.468, DE 26 DE AGOSTO DE 2011 somos os representantes não só dos taxistas trabalhadores em frota, mas também dos prepostos, segundo motoristas e coproprietários. Quero agradecer também ao assessor Sr. José Alves Couto, conhecido como Toré, por todo apoio e atenção”, diz o presidente do Simtetáxi aos associados. 


domingo, 15 de abril de 2012

Regulamentação da profissão de motorista vai à sanção presidencial

                                                                        Foto:Agência Câmara
Matéria passa a valer a partir da data de publicação

Câmara dos Deputados aprova
texto do Senado sem alterações

A Câmara dos Deputados aprovou no dia 03 de abril o substitutivo do Senado ao Projeto de Lei 99/07, que regulamenta a profissão de motorista. Sem alterações na Casa, o texto segue para sanção presidencial e passa a valer a partir da data de publicação. Segundo o presidente da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Clésio Andrade, o substitutivo é extremamente rigoroso, visando principalmente a segurança no trânsito e a saúde dos motoristas. Um dos fatores apontado como principal causa de acidentes, o excesso de tempo do motorista ao volante poderá causar prisão e multa para quem exigir que o profissional exceda sua jornada de trabalho. “A proposta ainda assegura aos motoristas seguro obrigatório custeado pelo empregador e proíbe que se remunere o motorista em função da distância percorrida ou da redução do tempo de viagem, pela quantidade ou natureza dos produtos transportados, de modo a não comprometer a segurança rodoviária ou da coletividade”, disse o senador Clésio Andrade, que apresentou requerimento pedindo urgência na tramitação do projeto. A regulamentação da profissão garante também intervalo mínimo de 11 horas no período de 24 horas. O descanso poderá ser fracionado em nove horas e mais duas. Além disso, proíbe o trabalho por mais de quatro horas seguidas sem um intervalo mínimo de 30 minutos para descanso.