quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Jornal do Transporte entra no 17º ano comemorando sucesso do blog



Projeto é ser o maior e 
melhor jornal voltado 
aos frotistas em 2013


Falta só mais um ano para que o Jornal do Transporte complete sua maioridade. Em 2013, esta publicação entrará em seu 18º ano de circulação e tem grandes planos: ser a maior e melhor fonte de informação os profissionais das grandes frotas de transportadores, autônomos e empregados, que movimentam o país – taxistas, motoboys, lotações, escolares e caminhoneiros. “Além de sair às ruas pontualmente e sem falhas ao longo de todos esses anos, o nosso jornal é o único que aborda as diferentes áreas de transporte, permitindo aos trabalhadores e lideranças ter uma visão completa do setor, saber dos avanços das outras categorias e reivindicar o mesmo para a sua ca-tegoria. Melhorar as condições de trabalho permite qualidade de vida para o profissional e qualidade para o cliente e produtividade para todos”, diz Edmam Coimbra, editor e proprietário do Jornal do Transporte desde 1998. 
E a cada ano, o jornal traz novidades para o leitor. Em 2011, lançamos, em maio, o nosso blog, para dar agilidade à informação disponibilizada aos leitores, utilizando a internet. Em 2 meses estourou e contabilizou mais de 20 mil acessos, uma média de mais de 3 mil acessos por mês. O maior acesso individual foi no segmento táxi, que com 1577 visualizações, foi a matéria sobre as inscrições para sorteio de 1.200 vagas na cidade de São Paulo. 



terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Detran publica credenciamento do Instituto Duas Rodas para curso de motofrete

Pista de treinamento do IDR, já aprovada pelo Detran

Prazo máximo para 
adaptação à lei é 04/08 


O Detran publicou no Diário Oficial do Estado, no dia 03 de dezembro, o credenciamento do Instituto Duas Rodas, que a partir daquela data passou a ser a única instituição privada credenciada para dar o curso de formação de profissionais do motofrete de 30 horas, conforme a legislação fe-deral passou a exigir a partir de meados de 2009. “O motoboy precisa correr porque precisa estar com tudo em dia antes do dia 04 de agosto, que é quando começa a vigorar a lei”, diz Alexandre Silva, presidente do IDR. 



segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Aumenta a tarifa de táxi no ABC

Aumento vem sendo reivindicado há anos

Decisão ocorreu em dezembro 
abrange sete cidades

Os taxistas do ABCDMR entraram o ano com o pé direito. Em dezembro de 2011, o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, que reúne de prefeitos da região aprovou um aumento de tarifa para a categoria, e cada um deles já publicou o decreto autorizando o mesmo, que entrou em vigor em 1º de janeiro. O consórcio se reúne todos os meses para definir algumas políticas comuns a todos os municípios, como é o caso da tarifa de táxi, entre outros.
O valor da bandeirada permaneceu em R$ 4,00, porém o valor do quilômetro rodado teve uma correção positiva de cerca de 12%, passando de R$ 2,10 para R$ 2,25, enquanto o quilômetro rodado 2 e a hora parada tiveram aumento de cerca de 9% e 8%, respectivamente. Na média, o aumento foi de 7%, conforme ata da reunião do consórcio. “A proposta aprovada é de conceder um reajuste de aproximadamente 7%, baseada em planilha de simulação tarifária, e que está compatível com a inflação medida no período (6,95%)”, diz o documento. E aponta que num futuro breve será discutida a padronização dos táxis em toda a região, “bem como a extinção da tarifa de fronteira praticada hoje”,
Esse é o primeiro aumento real obtido pela categoria depois de quase 9 anos. No início do ano passado, houve a unificação das tarifas dos 7 municípios da região do ABC, e isso fez com que em algumas cidades o valor aumentasse, tanto da bandeirada quanto da quilometragem quanto da hora parada. “Finalmente, obtivemos esse merecido aumento, temos mostrado ao conselho todo o aumento de custos que tivemos, enviando planilhas, inclusive que foram publicadas pelo Jornal do Transporte”, explica Odemar Ferreira, presidente do sindicato.

domingo, 15 de janeiro de 2012

Adiado o início da fiscalização ao trânsito de caminhões na Marginal Tietê

Movimentacão de caminhao em local restrito na marginal
do tiete pista expressa sentido castelo 

Restrição iniciou em 12/12, 
mas vem sendo desrespeitada

A fiscalização aos caminhões que transitarem pela Marginal Tietê em horário proibido, ou seja, entre 4 e 10 horas e 16 e 22 horas de segunda a sexta-feira e, aos sábados, das 10 às 14 horas, será iniciada em 1º de março. A nova regulamentação para a circulação de caminhões nessa via foi anunciada em dezembro de 2011 pela Secretaria Municipal de Transportes (SMT) e é válida desde o dia 12 daquele mês, mas de acordo com a nossa reportagem, não tem sido respeitada até o momento. Recente comunicado do órgão informa que o adiamento das autuações para março visa que o setor de transportes de cargas tenha tempo para se adequar.
A implantação dessa restrição faz parte de um conjunto de medidas com o intuito de reduzir acidentes envolvendo caminhões e que geram interferências no sistema viário principal nos horários mais críticos. Sua fiscalização deve ser feita por meio de agentes de trânsito e radares fixos dotados de Leitor Automático de Placas (LAP). São considerados irregulares e passíveis de autuação por transitar em local e horários não permitidos os veículos que não estiverem devidamente cadastrados – uma vez que há exceções previstas na lei. A multa é de R$ 85,13, infração média, com acréscimo de quatro pontos na carteira nacional de habilitação. A Marginal Tietê e outras vias que lhe dão acesso são classificadas como Vias Estruturais Restritas (VERs), cuja definição é dada pelo inciso IV, Art.º 2º do  Decreto 48.338, de maio de 2007: vias e seus acessos com restrição ao trânsito de caminhões, em horário determinado por meio de regulamentação local, com características de trânsito rápido ou arterial, bem como túneis, viadutos e pontes que dão continuidade a tais vias e constituem a estrutura do sistema viário. 
Assim, são 35 os trechos da Marginal Tietê e grandes avenidas de acesso que enquadram-se como VERs da Portaria 143/11 SMT.GAB. Vale reiterar que as novas regras não vão prejudicar o acesso e o abastecimento do CEAGESP. Isso porque os caminhões estão li-berados nas Marginais Tietê e Pinheiros entre a Rodovia dos Bandeirantes e a Ponte do Ja-guaré, incluindo o Cebolão. Da mesma forma, a região do Mercadão e da Zona Cerealista terá seus acessos preservados pela Av. Cruzeiro de Sul e Rua da Cantareira. O acesso para os caminhões que vêm pela Via Anchieta e se dirigem às regiões da Av. Presidente Wilson e Vila Carioca também será preservado.

Outro trecho com circulação irregular de caminhões 
Fotos: Oslaim Brito

sábado, 14 de janeiro de 2012

Fiscalizadores do Transporte vão ganhar dia estadual e municipal

Da direita para a esquerda: Amazonas – ANP, Luizinho (Sindfisc), Ribeiro (União dos Aposentados), Toré (NCST), Biazon (FTTRESP), João Caramez (Dep Estadual, Geraldinho (Sindficot – presidente), Cocada (Sindficot, dir. financeiro), Gilberto Nataline (vereador-SP), Geraldo Malta (assessor parlamentar da Sec. da Habitação), Kátia (Sind. condutores – SP) Paulinho (Sind. Rodoviários de Americana) e Daniel Caldeira (Sind. Rodoviários de S. José Rio Preto

Categoria quer reconhecimento, 
assim como outros trabalhadores


Uma categoria importantíssima para o bom andamento da área de transpor-tes, porém ainda pouco reconhecida, é representada pelo Sindficot –VLP, que congrega os cerca de 12 mil trabalhadores em fiscalização, inspeção e controle operacional do transporte público de todo o estado de São Paulo. Após 20 anos de existência da entidade, finalmente a Câmara Municipal de São Paulo e a Assembléia Legislativa de São Paulo deverão avaliar, ainda esse ano, um projeto de lei que institui o dia 25 de outubro – data da fundação do Sindficot – como home-nagem a esses trabalhadores.
Segundo o presidente da entidade, Geraldo Meirelles, que também é secretário-geral da Federação do Traba-lhador em Transporte Rodoviário de Carga do Estado de São Paulo – FTTRESP, a promessa foi obtida do depu-tado estadual João Caramez durante a festa de 20 anos de fundação, no ano passado. “A exemplo do que aconteceu no município, onde o projeto de lei foi apresentado em agosto do ano passado e já passou pelas  comissões e está pronto para ir ao plenário”, conta.


Trabalhadores e familiares ouviram atentamente o pronunciamento de todos
os ilustres convidados que fizeram uso da palavra.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Ipem-SP verifica taxímetros em Osasco

Ação será realizada entre 
os dias 12 e 30 de janeiro 



Nos dias 12, 16, 17, 19, 23, 24 e 30 de janeiro, taxistas de Osasco devem realizar a mudança de tarifa e verificação anual de taxímetro na Avenida Praia Grande, altura da Rua Carolina Bizon Canos, junto ao Parque Chico Mendes. O atendimento será feito das 10h às 14h. A aferição é obrigatória a todas as categorias de táxi. A validade é anual. 
O taxista deve fazer o agendamento pelo site do Ipem-SP (www.ipem.sp.gov.br) e emitir a Guia de Recolhimento da União (GRU) para o pagamento da taxa de verificação. No ato da verificação, o taxista ou responsável pelo veículo devem apresentar os seguintes documentos: 
- alvará de estacionamento fornecido pela prefeitura; 
- certificado de propriedade do veículo; 
- certificado de verificação do Ipem-SP, exercício 2011 
- GRU quitada. 
No site www.ipem.sp.gov.br, além de informações sobre toda a legislação metrológica e da qualidade vigentes no país, estatísticas de fiscalização, orientações ao cidadão e empresários, o inte-ressado pode levantar detalhes das ações diárias do instituto. 


segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Estados e municípios poderão ter auxílio para compra de ônibus escolar

Proposta prevê e compensar 
compra de veículos com 
verbas próprias


O Projeto de Lei 2381/11, em análise na Câmara Federal, estabelece que o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate) incluirá modalidade de auxílio à ampliação e à renovação da frota de transporte escolar, informa a agência Câmara. Segundo a proposta, o programa destinará anualmente recursos para compensar estados e municípios que comprarem ônibus escolares novos com verbas próprias. O apoio financeiro previsto será limitado aos recursos consignados na lei orçamentária anual para esse fim. A proposta acrescenta a medida à Lei do Pnate (10.880/04). Executado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o Pnate tem o objetivo de oferecer transporte escolar aos alunos da educação básica pública, residentes em área rural, por meio de assistência financeira suplementar aos estados e municípios.
Professora Dorinha lembra que o Ministério da Educação conta, além do Pnate, com o programa Caminho da Escola, criado em 2007 com o objetivo de renovar a frota de veículos escolares. “Infelizmente, o Cami-nho da Escola não está instituído por lei. Assim, a solução legislativa que encontramos foi criar uma modalidade de apoio à ampliação e renovação da frota no âmbito do Pnate”, explica.

domingo, 1 de janeiro de 2012

Sorteio de vagas em São Paulo começa dia 21/01

Salvador: vagas mais procuradas são na Zona Sul, Itaim, Paulista e Jardins


Pontos mais concorridos 
têm até 20 inscritos 
por vaga


s sorteios das 4.663 vagas em 1.296 Pontos Privativos de Táxi da categoria Comum e 39 vagas em dois pontos da Categoria Luxo organizado pelo Departamento de Transporte Público da cidade de São Paulo (DTP) terão início no dia 21/01/2012 (sábado) e seguirão de forma sequencial e ininterrupta, até esgotarem-se todas as vagas, limitando-se a um máximo de 20 concursos.
Segundo informa o DTP, se até o 20º concurso, inclusive, não for possível ao menos contemplar um inscrito, serão essas vagas transferidas para o próximo sorteio a ser estabelecido pelo departamento. Somente serão considerados os resultados dos concursos da Loteria Federal que ocorrerem às quartas-feiras e aos sábados. Ao final de cada Concurso será publicada no Diário Oficial da Cidade de São Paulo a relação dos contemplados por ponto através de Edital de Convocação.
Serão distribuídas 39 vagas para a Categoria Luxo, 9 no Aeroporto de Congonhas e 30 no Parque Anhem-bi; 1.147 em pontos localizadas na Zona Oeste da cidade; 1.073 na Leste; 915 no Centro; 769 na Sul e 759 na Norte. Apenas as 30 vagas do Parque Anhembi são novas.
Segundo Salvador Vieira, diretor de benefícios do Sindicato dos Taxistas Autônomos da Cidade de São Paulo – que também funcionou como ponto de inscrição, chegando a atender  milhares de taxistas – as vagas mais procuradas são as da Zona Sul e regiões do Itaim, Paulista e Jardins, e a média nesses casos é de cerca de 20 inscritos por vaga. Outros pontos não tiveram procura.