segunda-feira, 30 de setembro de 2019

CEO da Rentcars.com discute o impacto da tecnologia no mercado de aluguel de veículos no XIV Fórum Internacional do Setor de Locação de Veículos

Poder alugar um carro sem sair de casa e ainda contar com a vantagem de pesquisar preços e até a disponibilidade de modelos de veículos para a data da viagem. Essas e outras vantagens fazem parte da Rentcars.com, uma das líderes globais no setor de aluguel de veículos. Esses benefícios e muitos outros que são proporcionados pela tecnologia e inovação no setor que Francisco Millarch, CEO da empresa, discute durante uma palestra no XIV Fórum Internacional do Setor de Locação, realizado pela ABLA (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis).

O XIV Fórum Internacional do Setor de Locação chega à edição de 2019 como o maior e mais importante evento de qualificação, negócios e network da América Latina, no que diz respeito à atividade de aluguel de veículos. “A inovação está no DNA da Rentcars.com. Em nossos 10 anos de vida sempre apostamos em ferramentas inovadoras para que nossa plataforma ofereça a melhor experiência possível para o cliente”, explica Francisco.

Fundador e CEO da Rentcars.com, Millarch possui sólida experiência de mais de três décadas no setor de tecnologia e serviços. O executivo também fundou a empresa Mala Pronta.com em 2004, uma das primeiras plataformas de e-commerce de reservas de hotéis no Brasil. Em 2011, uma pesquisa realizada pelo instituto PhocusWright apontou a Mala Pronta como uma das três maiores agências de turismo online (OTA) do Brasil e uma das dez maiores da América Latina. Em 2012, a empresa foi vendida para uma das maiores operadoras de turismo do mundo, a Tui Travel.

Francisco morou e trabalhou em Londres entre 1997 e 2000, onde ele desenvolveu e liderou mais de 30 projetos de tecnologia online para clientes como Financial Times, Xerox, Adidas e Laura Ashley. Ao retornar ao Brasil ele liderou a Divisão de Tecnologia e Internet do Grupo Positivo e lançou o Portal Educacional, o maior site de educação do país.  O executivo possui graduação em Publicidade e Propaganda e em Engenharia Elétrica. Mestre em Hypermedia pela Universidade de Westminster, ele concluiu o Executive Program de Stanford. O executivo também finalizou o curso Owner and President Management Program (OPM), em Harvard. Além disso, Millarch é mentor da Endeavor e membro da Young President’s Organization (YPO).

Serviço:

XIV Fórum Internacional do Setor de Locação

Data: 01 e 02 de outubro

Horário: 08h às 18h

Inscrições: https://www.nmbrasil.com.br/congressos/source/index.php?ev=0140301&idioma=br

Sobre a Rentcars.com

Fundada em 2009, a Rentcars.com é uma das líderes globais em conectar pessoas com as melhores opções de aluguel de carros no mundo. Além disso, a empresa se destaca como a principal empresa de locação de veículos online da América Latina.  Hoje, a empresa atua em mais de 160 países, mantendo presença em mais de 5 mil cidades e 20 mil pontos de atendimento. Site: www.rentcars.com

Fonte: i4u Agency

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Em live do Detran.SP, médico do HC dá dicas de segurança para motociclistas

Marcelo Rosa de Rezende afirma que a maioria das mortes no trânsito é resultado do comportamento imprudente

O médico Marcelo Rosa de Rezende, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), não tem dúvidas: as mortes e lesões graves sofridas pelos motociclistas são resultado, na maior parte dos casos, do comportamento irresponsável no trânsito.

Motociclista, Rezende participou nesta terça-feira (24) da #live organizada pelo Detran.SP sobre como conduzir uma moto em segurança. Foi a última transmissão feita pelo Facebook da série realizada pelo órgão em parceria com o Hospital das Clínicas acerca de saúde no trânsito.

“O comportamento mais grave de um motociclista é não entender o veículo que está usando. A moto é um veículo bom, ágil, econômico, que ajuda muito no transporte nas grandes cidades. Mas é preciso saber que se trata de um mecanismo extremamente frágil”, diz.

No Estado de São Paulo, 34% das vítimas de trânsito são motociclistas, de acordo com dados do Infosiga SP, sistema de dados do Governo de São Paulo que traz mensalmente informações sobre acidentes.

Nas conversas do dia a dia com pacientes vítimas de traumas graves, Rezende diz perceber que muitos não têm noção a respeito dos comportamentos imprudentes que adotam.  Segundo ele, praticamente todos afirmam que não provocaram os acidentes.

Entre os principais comportamentos imprudentes, o médico destaca o excesso de velocidade como o mais perigoso. E nesse contexto, os entregadores de comida integram um grupo de alto risco, segundo Rezende. “Eles deveriam cumprir um tempo mínimo nos trajetos, sem se arriscar tanto.”

Juventude

De acordo com a pesquisa “Causas de Acidentes com Motociclistas”, realizada em 2013 pela Faculdade de Medicina da USP e citada pelo especialista durante a #live, os homens (92%) com idade média de 30 anos são as principais vítimas de acidentes com motocicletas.

“O jovem tem um ímpeto maior, quer mostrar as habilidades, mas é preciso lembrar que moto não é para isso. No trânsito, é preciso dirigir de uma forma absolutamente segura”, defende.  

Principais traumas e lesões

Na cidade de São Paulo, onde os motociclistas utilizam os corredores de trânsito, são comuns as colisões laterais, em que os membros inferiores são atingidos. De acordo com Rezende, o HC recebe muitas vítimas de fraturas expostas nos membros inferiores e são frequentes as amputações.

Outra situação comum é a projeção do motociclista, o que causa traumas nos membros superiores, fraturas graves, lesões na coluna e traumas crânio-encefálicos. “Infelizmente, os maiores doadores de órgãos são os motociclistas. É uma estatística muito triste”, lamenta.

Motociclistas vítimas de acidentes costumam ficar longos períodos internados em recuperação. A pesquisa feita USP mostra que, do total de entrevistados, apenas 20% tiveram alta após antes de seis meses de internação e 80% permaneciam em tratamento, com limitações funcionais e sequelas (30% delas definitivas).

Fonte: Detran.SP

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Educação para o Trânsito começa na porta da escola

Seja na porta da escola numa rua calma ou de uma grande faculdade na avenida movimentada, todo cuidado, educação e gentileza é pouco. Infelizmente, começa e termina ano letivo e parece que muita gente não aprendeu nada em matéria de trânsito.

O Detran.SP aproveita o Dia Nacional do Trânsito, que será celebrado nesta quarta-feira, 25 de setembro, para recapitular lições e ações prudentes para a segurança de todos.

Está no bê-a-bá que transportar as crianças na “cadeirinha” é indispensável e o equipamento deve acompanhar o crescimento dos pequenos.  

Os bebês devem ser colocados na cadeirinha de costas para o banco da frente. De 1,1 a 4 anos, a criança já fica sentada para frente, como os demais ocupantes do veículo e presa com as tiras de retenção do equipamento (sistema de cinco pontos). Dos 4,1 aos 7,5 anos é hora de usar o assento de elevação para que a criança fique presa ao cinto de segurança do próprio veículo.  Junto com a chegada do ensino fundamental, a criança de 7,6 a 10 anos pode ser transportada apenas no banco traseiro, sem auxílio de equipamento, diretamente com o cinto do assento do veículo.

Transportar crianças em veículo automotor sem observância das normas de segurança especiais estabelecidas pela legislação está previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) como Infração gravíssima (sete pontos e multa de R$ 293,47).

O horário de entrada e saída é concorrido. Mesmo assim na hora de deixar ou buscar os pequenos, o condutor jamais deve estacionar na calçada ou em fila dupla.

O pisca-alerta é para ser usado em caráter de advertência em caso de emergência para indicar aos demais usuários da via que o veículo está imobilizado ou em situação de emergência, por problemas mecânicos, atropelamento ou parada muito abrupta a fim de evitar um engavetamento, nunca por comodidade do motorista.

Na pressa de sair de casa, não esqueça os documentos e muito menos que o cinto de segurança é de uso obrigatório para qualquer um e em qualquer banco do veículo.

Se a escola for perto, leve os pequenos a pé, segurando-os sempre pelo punho, e não pela mão, principalmente ao atravessar a rua, sempre na faixa de pedestres e atentos aos sinais de trânsito. As crianças aprendem com os adultos e a caminhada diária pode ser uma aula para toda a vida.

Se o trajeto é de transporte público, ao descer do ônibus ou van, espere na calçada e jamais desça fora do ponto. Não é seguro atravessar nem por trás nem pela frente do veículo. Deixe que ele siga, para que você tenha uma boa visão da rua. E siga para o seu destino com segurança.

Quem já está habilitado e vai para a faculdade dirigindo, deve deixar o celular fixado no para-brisa ou painel dianteiro, apenas para usar o localizador. Falar ou gravar vídeos para as redes sociais, nem pensar. Não é permitido seu manuseio nem mesmo em paradas temporárias (pedágios ou semáforos). Todas essas situações são infrações gravíssimas, com sete pontos e multa de R$ 293,47.

Depois das aulas, quem for dirigir, não está autorizado a beber, nem tão pouco interromper a via para ficar no bar. O som alto não está liberado, principalmente no horário da saída das aulas no período noturno.

Para quem vai de motocicleta ou ciclomotores, os capacetes são obrigatórios para piloto e garupa devidamente fixados à cabeça, presos ao queixo por meio da cinta, sem folgas, e com a viseira totalmente abaixada. Quem vai de bike também deve adotar o equipamento. Nos dois casos, também vale optar por roupas e calçados adequados. Os limites de velocidade devem ser respeitados pelos motociclistas e mesmo quase se está atrasado e é semana de prova. Não é permitido ultrapassar pela direita e muito menos trafegar pelo corredor dos ônibus.

Por falar em prova, condutor que perdeu noite de sono estudando, tomou remédios para ficar acordado, também não deve dirigir. Tudo isso e um pouco mais de nervoso ou preocupação acabam acarretando a perda de reflexos e potencializando possíveis acidentes.

Neste caso, opte por caminhar para relaxar ou usar transporte público ou de aplicativo que ainda garantem um tempo extra para dar uma revisada na matéria.

Seja de carro ou de moto, confira sempre a calibragem e a aderência dos pneus, freios, buzinas, combustível, funcionamento do farol, entre outros itens importantes. Mostre para o trânsito que é nota 10.

Fonte: Detran.SP

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Detran.SP e Corpo de Bombeiros realizam simulação de resgate em acidente de trânsito na avenida Paulista

No domingo, 22 de setembro, em uma ação conjunta entre o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) e o Corpo de Bombeiros, será realizada uma simulação de resgate de vítimas presas em ferragens em acidentes de trânsito em plena avenida Paulista.

A ação será às 10h, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), e faz parte da Semana Nacional de Trânsito (18 a 25 de setembro).

O resgate de vítimas presas em ferragens é uma operação complexa, que exige preparo técnico, equipamentos modernos e trabalho coletivo dos bombeiros.

Durante 40 minutos, 12 bombeiros utilizarão equipamentos cortantes para retirar uma vítima cenográfica de um carro. Toda a ação poderá ser acompanhada pelo público presente na avenida.

Durante a simulação, o Detran.SP vai distribuir material educativo e realizar abordagens com foco na conscientização da população.

Serviço:
Simulação de resgate de vítimas em acidente de trânsito
Data: 22/9/19 (domingo) |  Horário: 10h
Local: avenida Paulista – em frente ao Masp

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

História do transporte público é contada com miniaturas no Shopping Praça da Moça


Réplicas dos veículos vão desde clássicos até os mais modernos

Cerca de 40 miniaturas de ônibus feitas manualmente por diversos artesãos estarão reunidas em exposição aberta a partir desta sexta-feira, 13, no Shopping Praça da Moça. As réplicas, que representam um pouco da evolução do transporte coletivo, possuem detalhes que impressionam, além de mecanismos que funcionam de verdade, como luzes e portas.

Entre os exemplares, é possível conferir trólebus, ônibus rodoviários e veículos utilizados no transporte de passageiros na região da Grande São Paulo.

“É a primeira vez que chegamos com essa exposição itinerante dentro de um shopping. O propósito é humanizar o transporte. É muito curioso conhecer como essa categoria evoluiu e se aprimorou ao longo do tempo”, conta o artesão Marcos Galesi, responsável pela organização do evento.

Exposição de Miniaturas de Ônibus
Data: a partir de 13 de setembro
Horário: sábados e domingos das 14h às 20h
Local: Piso Araucária
Evento Gratuito

Shopping Praça da Moça
Rua Manoel da Nóbrega, 712 - Centro, Diadema
Telefone: (11) 4057-8900
Estacionamento:  Carros 9 reais até 3 horas + 1 real por hora adicional ou fração / Motos 9 reais a diária.

Fonte: Maxima Acessoria de Imprensa

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Mastercard lança pagamento por aproximação em transporte público de São Paulo

Em parceria com a Prefeitura de São Paulo, projeto piloto implantará em aproximadamente 200 ônibus da capital paulista o pagamento da tarifa por aproximação com cartões, celulares, pulseiras e relógios

Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Mobilidade e Transportes e a São Paulo Transporte, em parceria com a Mastercard, empresas de bilhetagem, operadores de transporte e adquirentes, vai participar da estreia, em setembro, de um projeto piloto de pagamento por aproximação nos ônibus da cidade de São Paulo. As tarifas poderão ser pagas apenas aproximando do validador cartões de crédito, débito e pré-pago, smartphones, smartwatches ou pulseiras de pagamento, democratizando a alternativa para os cidadãos da capital e até simplificando o trajeto para os mais de 2 milhões de turistas estrangeiros (de acordo com os números mais recentes do Global Destination Cities Index da Mastercard) que visitam a cidade, já que os cartões emitidos fora do País também serão aceitos.


Na primeira fase do projeto, a tecnologia será embarcada em aproximadamente 200 ônibus municipais que operam em 12 linhas da capital paulista.

Além de disponibilizar novos métodos de pagamento com os cartões com a tecnologia de pagamento por aproximação, a tecnologia também vai permitir ao usuário utilizar carteiras digitais por meio de smartphones, pulseiras de pagamento e smartwatches habilitados com conectividade via NFC (Comunicação de Campo Próximo, na sigla em inglês). Essa nova funcionalidade contribuirá para a modernização dos pagamentos no transporte público, oferecendo maior conveniência e flexibilidade para o usuário.

Ao ampliar as opções de pagamento no transporte público, São Paulo entra em um ranking de cidades como Nova York, Londres, Sydney e mais recentemente Miami, que trabalham para facilitar a vida de moradores e turistas, como conta o presidente da Mastercard para Brasil e Cone Sul, João Pedro Paro Neto: “Esse projeto oferece ao usuário a possibilidade de usar nos ônibus da cidade o mesmo cartão ou dispositivo que utiliza para suas compras diárias, tirando a necessidade de se ter dinheiro no bolso ou bilhetes específicos que fazem mais sentido para usuários frequentes”, explica o executivo. “A tecnologia de pagamento por aproximação trará agilidade e praticidade para a cidade, já que é cerca de 10 vezes mais rápida que o pagamento em dinheiro. Agora até os turistas poderão usar o transporte público da cidade sem se preocupar em ter que trocar dinheiro ou em comprar passagens antecipadamente”, complementa.

Projetos de sucesso no Brasil e no mundo

A Mastercard possui expertise para tornar o projeto piloto de São Paulo um grande sucesso. “Temos diversos cases bem-sucedidos e bastante diversificados na integração dos pagamentos por aproximação ao transporte público em pequenas e grandes cidades. Em Londres, onde ajudamos a implementar um sistema em 2014, o pagamento por aproximação com cartões responde atualmente por 55% das viagens realizadas no metrô, um dos mais movimentados do planeta nos horários de pico. Ao todo, são mais de 21,6 milhões de viagens por semana usando pagamentos por aproximação. Isso representa uma economia de mais de £100 milhões por ano”, comenta João Pedro.

Pioneira na implantação da tecnologia de pagamento por aproximação no transporte público na América Latina, a Mastercard iniciou a implantação dessa tecnologia no Brasil pela cidade de Jundiaí, no estado de São Paulo, em 2017. Ao instalar a tecnologia em toda a frota de ônibus local, a cidade permitiu aos usuários pagarem a passagem com cartões e vestíveis, apenas encostando nos validadores. No Brasil, o sistema também foi implementado pela Mastercard nos trens do Rio de Janeiro. 

Linhas participantes do projeto piloto na cidade de São Paulo (a partir de 14 de setembro):

2590/10 — Pq. D. Pedro II/União de Vl. Nova
4031/10 — Metrô Tamanduateí/Pq. Sta. Madalena
6030/10 — Term. Sto. Amaro/UNISA-CAMPUS 1
917M/10 — Metrô Ana Rosa/Morro Grande
2002/10 — Term. Bandeira/Ter. Pq. D. Pedro II
715M/10 — Lgo. da Pólvora/Jd. Maria Luiza
908T/10 — Butantã/Pq. D. Pedro II
9300/10 — Ter. Pq. D. Pedro II/Ter. Casa Verde
9500/10 — Pça. Do Correio/Term. Cachoeirinha
5129/10 — Term. Guarapiranga/Jd. Miriam
807M/10 — Shop. Morumbi/Term. Campo Limpo
675R/10 — Metrô Jabaquara/Grajaú

Fonte: Informações à imprensa - Mastercard

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Onda de calor exige cuidados dos motoristas, alerta Detran.SP

Hidratação, protetor solar e manutenção do veículo são algumas das dicas para o clima quente.

A forte onda de calor que atinge o Estado de São Paulo também pode afetar motoristas e o trânsito. Desta forma, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alerta para os cuidados ao dirigir nessas condições.

A primeira dica é, se possível, não dirigir nos horários em que a incidência solar está mais intensa, ou seja, das 11h às 17h. De acordo com a Defesa Civil estadual, o ideal, para todos os casos, é permanecer em locais protegidos dos raios solares.

Se não tiver como escapar do trânsito nesse período, tome algumas precauções, como se hidratar com água, usar protetor solar e óculos escuros. Ainda segundo a Defesa Civil, tente umidificar o ambiente e use soro fisiológico nos olhos e narinas.

Uma recomendação geral é que o motorista não dirija se estiver cansado ou então logo após ingerir alimentos pesados ou gordurosos. Esses alimentos podem causar sonolência ou até mesmo provocar algum tipo de mal-estar.

Veículo

O veículo deve estar sempre em boas condições de uso. Verificar o nível de água ou líquido arrefecedor no radiador é fundamental para os dias de calor intenso. O mau uso ou falta de refrigeração pode fundir o motor. Fique atento aos alertas no painel do veículo.

A pressão dos pneus também é algo que precisa ser checada, assim como o nível de combustível. O uso do ar-condicionado aumenta o consumo, o que pode levar a uma pane seca e outros problemas.

Como nos dias de calor costuma aumentar a incidência de pancadas de chuva, o limpador de para-brisa deve estar funcionando bem e com as palhetas em dia. E sempre mantenha distância segura do veículo à frente por causa do risco de pista escorregadia.

Se a chuva estiver muito forte, a ponto de prejudicar a visibilidade do motorista, é indicado parar em um local seguro e aguardar a chuva diminuir. O uso do farol baixo é obrigatório nas rodovias e ajuda na visibilidade do condutor.

Fique igualmente atento a queimadas ao longo das vias. Se passar por algum foco de incêndio e fumaça, reduza a velocidade e tente acionar o Corpo de Bombeiros da região. Além disso, não jogue lixo ou pontas de cigarro pela janela do veículo.

De acordo com boletim da Defesa Civil estadual, as temperaturas nesta quarta (11) devem alcançar os 35ºC. Já nas regiões de Ribeirão Preto, Araçatuba, Presidente Prudente, Marília e Barretos, as temperaturas podem chegar até a 38ºC.

Fonte: Detran.SP

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

O Encontro de Carros Antigos do ParkShoppingSãoCaetano deste mês terá o tema carros Europeus

Evento acontecerá na próxima terça-feira (10), no estacionamento subsolo, às 19h

Na próxima terça-feira, dia 10 de setembro, a partir das 19 horas, será realizado o tradicional Encontro de Carros Antigos no ParkShoppingSãoCaetano. O evento, gratuito e organizado pelo Automóvel Clube de São Caetano do Sul, acontecerá no estacionamento subsolo e contará ainda com a dupla Blue Pop, com repertório MPB, rock e pop.

Neste mês, os grandes destaques da noite são os carros Europeus. Os visitantes poderão conferir os modelos clássicos das marcas Volkswagen, Alfa Romeo, Mercedes Benz, BMW, Porsche, Mini Cooper,  entre outras. Os interessados em expor seus veículos devem contribuir com 2kg de alimentos, não perecíveis, que serão doados ao Fundo de Solidariedade de São Caetano do Sul. 

Serviço:
Encontro de Carros Antigos - Carros Europeus
Data: 10/09, às 19h
Endereço: estacionamento subsolo do empreendimento ParkShoppingSãoCaetano - Alameda Terracota, 545, Espaço Cerâmica, São Caetano do Sul – SP

Horário de funcionamento do Shopping: 
Lojas: De segunda a sábado, das 10h30 às 22h30; domingos e feriados, das 14h às 20h
Praça de Alimentação: Segunda a sábado, das 11h às 23h; domingos e feriado, das 11h às 22h
Informações: 4003-4174 e www.parkshoppingsaocaetano.com.br 

Facebook e Twitter /pssaocaetano 
Instagram /parkshoppingsaocaetano

Estacionamento: Até 3 horas: R$ 9,00 + R$ 2,00 por hora adicional
Estacionamento VIP (Somente as sextas, sábados, domingos e feriados): Até 1 hora: R$ 16,00 + R$ 6,00 por hora adicional. 
Estacionamento de Motos (externo): Até 3 horas: R$ 4,00 + R$ 1,00 por hora ou fração adicional;
Estacionamento de motos (subsolo): Até 3 horas: R$ 9,00 + R$ 2,00 por hora ou fração adicional.

Fonte: MktMix

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

FedEx Express transforma uniformes antigos em cobertores para doação

A FedEx Express, maior empresa de transporte expresso do mundo, realiza, pelo quinto ano consecutivo, a reciclagem dos uniformes antigos de seus funcionários e os transforma em cobertores para doação. O projeto visa proporcionar o descarte correto das peças, considerando fatores sociais, econômicos e ambientais. Desde o início do programa, mais de 20 instituições e 8 mil pessoas já foram beneficiadas.

Neste ano, o volume de uniformes recolhidos nas filiais da FedEx Express foi 17% maior em comparação com o ano passado, o que permitiu à empresa aumentar a produção de cobertores em 22,7%, para 2.700 peças. Deste total, 2.000 unidades estão sendo destinadas para pessoas carentes. O restante são peças desenvolvidas especialmente para aquecer animais que vivem em abrigos. Esse é o terceiro ano que a empresa destina parte da produção para essa finalidade.

O programa conta, ainda, com os esforços voluntários de colaboradores da empresa para entregar as peças, reforçando o compromisso da FedEx Express com as comunidades onde opera. A iniciativa de reciclagem tem o benefício adicional de não destinar os uniformes para incineração ou aterros sanitários, impedindo a liberação de cerca de 62 toneladas * de gases de efeito estufa somente na edição deste ano.

“Ao transformar uniformes em cobertores, conseguimos proporcionar um descarte produtivo das peças e impactar positivamente a comunidade local. A FedEx Express tem orgulho de realizar essa iniciativa anualmente, aumentando o número de cobertores doados a cada ação”, disse Gustavo Kornitz, diretor de Marketing da FedEx Express para o Brasil, Região Andina e Cone Sul.

Em 2019, o programa completa cinco anos. Até agora a FedEx Express arrecadou mais de 35 mil peças de uniformes de seus funcionários, o que resultou na produção e na doação de 8.290 cobertores tradicionais e modelo pet.

Fonte: FedEx Express