segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Veja dicas para pegar a estrada com segurança

Verificar pneus, níveis de óleo e líquido do arrefecimento e luzes dará mais segurança a motorista e passageiros em viagens

Está chegando novembro e com ele três feriados. Se você pretende aproveitar alguma das datas para cair na estrada, lembre-se de fazer um bom planejamento, seja seu destino o campo ou a praia.

Com o aumento do movimento nas rodovias, é preciso atenção redobrada ao preparar seu veículo. Além de calibrar pneus, checar o óleo e encher o tanque de combustível, há outros cuidados que podem ser tomados para evitar inconvenientes.

1. Faça o teste TWI (Tire Wear Indicator) para saber se está na hoje de trocar os pneus do seu carro. Basta olhar se as saliências entre os sulcos do pneu já foram alcançadas – em caso positivo, está na hora de fazer a troca.

2. Siga sempre os prazos de troca de óleo de motor. A substituição é periódica e deve seguir sempre as especificações do fabricante do carro. É recomendado também que se substitua o filtro de óleo toda vez que for efetuada uma nova troca do lubrificante.

3. Procure sempre abastecer o carro em postos de confiança. Combustíveis de má qualidade podem provocar entupimentos, por isso é importante passar sempre por um mecânico e realizar procedimentos de limpeza no sistema de alimentação.

4. Para evitar o aquecimento excessivo do motor a orientação é manter o líquido de arrefecimento do radiador sempre no nível adequado. Fabricantes costumam orientar que se utilize produtos minerais e de longa duração.

5. Leve seu carro periodicamente a um mecânico de confiança. Suspensão, bateria, palhetas e freios precisam ser vistoriados a cada 10 mil km rodados. Da mesma forma, verifique itens que são desgastados com o tempo, como amortecedores, molas, buchas, batentes, palhetas e até mesmo a bateria.

6. Não viaje com lâmpadas queimadas. Além de aumentar a insegurança na estrada, pode render multa ao motorista. As luzes do painel são igualmente importantes – em caso de dúvida sobre o significado, consulte o manual do carro.

7. É fundamental se precaver em relação a imprevistos – melhor antecipá-los do que não saber lidar com eles. Quando for viajar, verifique triângulo, macaco, estepe e chave de roda estão no lugar certo.

Fonte: Estadão

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Pegou chuva? Detran.SP orienta motorista a dirigir com segurança

Quem já precisou dirigir sob chuva intensa e sentiu medo de perder o controle do veículo ou se envolver em algum acidente entende a importância de redobrar os cuidados sob condições meteorológicas adversas.

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) recomenda que os motoristas tomem medidas de precaução para concluir o trajeto sem intercorrências. Veja abaixo as dicas e fique sempre alerta para evitar acidentes:

Se em dias normais é importante manter distância do veículo à frente, em dias de chuva ou tempestade é fundamental ampliar ainda mais essa distância, já que a pista tende a ficar escorregadia;

Caso a chuva esteja muito forte e o motorista fique sem visibilidade, o ideal é parar em local seguro e aguardar a chuva diminuir;

Manter o farol baixo ligado melhora a visualização dos veículos, principalmente se houver neblina. Nestas condições, nunca use farol alto, pois o reflexo da luz ofusca a visão dos demais motoristas;

É importante também nunca usar o pisca-alerta com o carro em movimento, pois o motorista que está atrás pode achar que seu veículo está parado;

A melhor forma de prevenir a aquaplanagem é sempre trafegar com pneus em boas condições de uso – nunca deixar que cheguem a ficar lisos, ou “carecas”, quando os sulcos na superfície gastam a ponto de sumir. Além disso, é necessário reduzir a velocidade em dias de chuva forte. Mas, se ainda assim o carro aquaplanar, a orientação é manter a calma, tirar o pé do acelerador, não pisar nos freios nem virar a direção até que os pneus voltem a entrar em contato com a pista;

Aos motociclistas, o ideal é evitar enfrentar a chuva e procurar um local seguro para se abrigar até a tempestade passar. Se isso não for possível, é imprescindível que o motociclista esteja bem equipado, utilizando capacete com viseira adequada ou óculos de proteção, bem como capa de chuva, jaqueta com proteções, luvas e botas.

Fonte: Detran.SP

terça-feira, 22 de outubro de 2019

8 estratégias para manter o carro limpo diariamente

Confira oito estratégias infalíveis pra manter o espaço organizado e merecedor das cinco estrelas que vai receber.

1. Providenciar lixeiras para o carro 
Na verdade, todo mundo deveria se responsabilizar pelo lixo que produz e dar um jeito de guardá-lo até encontrar uma lixeira disponível. Mas, na prática, a gente sabe que não é isso que acontece, certo? 

Então, não adianta fugir da realidade: se o seu carro não tiver uma lixeira, é bem provável que uma boa parte dos passageiros vai deixar os seus resíduos ali — papeizinhos de bala, recibo do cartão de crédito, um panfleto que pegou na rua e até um restinho de comida. E quem fica com fama de sujo? O seu carro! O seu serviço!

Pra não sofrer com essa injustiça, é sempre bom levar lixeiras para o carro. Os sacos plásticos ou de TNT dão uma opção pra passageiros que querem se livrar de objetos. Assim as chances de eles deixarem isso nos bancos ou no assoalho são menores.

É bom retirar esse lixo com frequência, principalmente se houver muitas corridas durante o horário de trabalho. Se você prestar atenção e perceber que um passageiro deixou resíduos orgânicos, como restos de comida, tente eliminá-los assim que ele sair. A ação do calor sobre esse lixo pode causar um cheiro muito desagradável.

2. Deixar superequipamentos à mão
Existem alguns equipamentos que são até simples, mas são muito práticos pra ajudar você a se livrar daquelas sujeirinhas inconvenientes. Por isso, a gente recomenda que eles fiquem sempre no porta-luvas do seu carro (de forma organizada).

Quer um exemplo? Já existem no mercado os lenços ou panos eletrostáticos. Eles usam uma carga energética e atraem migalhas, pó, cabelos e outras sujeiras pelo contato, como se fosse um ímã.

Assim fica fácil capturar esses elementos e limpar rapidamente um banco ou área do carro entre a saída de um passageiro e a entrada do outro. Dessa forma, você garante que o próximo cliente encontrará sempre o ambiente em bom estado.

3. Adiantar a limpeza do dia seguinte
De manhã, a maioria dos motoristas quer sair rápido para o trabalho pra começar a ganhar o seu dinheiro, certo? Por isso, nem sempre quem trabalha dirigindo quer gastar muito tempo logo cedo limpando o carro.

Uma boa opção é fazer isso quando chegar em casa. Por mais que esteja cansado, esse é um momento em que não existe pressão do horário e você já não está preocupado com a produtividade.

Então, é uma boa hora pra ver se ficou alguma sujeirinha e retirá-la. Dê uma olhada nos tapetes do carro e passe o aspirador rapidamente ou retire-os pra sacudir. Assim, você pode dormir com o carro e a consciência limpos!

4. Cuidar com os cheiros
Uma das maneiras de impressionar os seus clientes é mantendo o carro cheiroso. Afinal, ninguém gosta de entrar em um ambiente fechado que está com um odor ruim, desagradável.

Alguns cuidados são importantes: o motorista não deve fumar no carro nem mesmo nos momentos vagos, pra não pegar cheiro. Além disso, caso algum passageiro tenha esse hábito, é bom manter bicarbonato de sódio à mão. Jogue o produto sobre as cinzas pra neutralizar o odor. Outra opção são os cinzeiros anti-fumaça.

Tome cuidado também com aqueles odorizadores pra carro. Lembre-se de que tem gente que sente dor de cabeça com cheiros fortes e adocicados. Então, a escolha precisa ser feita com bastante atenção.

O melhor cheiro que um carro pode ter é o de limpeza. Por isso, não deixe acumular o lixo, não coma ali dentro e use limpadores de estofado e carpete com frequência, sempre lembrando de abrir os vidros e deixar secar bem pra evitar a umidade e o seu odor.

5. Proteger o seu veículo
Alguns produtos ajudam o seu carro a reter menos sujeira, tanto na parte interna como externa. O silicone, por exemplo, pode formar uma camada sobre o painel e as outras peças de borracha, plástico e vinil, facilitando a limpeza.

Ceras e limpadores de pneus também são importantes pra proteger a parte externa. Além de evitarem o desgaste desses elementos, eles melhoram a aparência do carro, criando uma boa impressão para o passageiro.

6. Evitar objetos pessoais
Como você está usando o carro pra transportar passageiros, não mantenha objetos seus no veículo durante esse período. Nos bancos, isso já é impraticável, mas, se possível, faça isso também com o porta-malas.

Quem trabalha dirigindo mas também tem outras atividades (faculdade, outro emprego) nem sempre consegue fazer isso. Mas organize os seus objetos da melhor forma. Mantenha tudo em uma única mala ou mochila bem discreta no porta-malas, sem deixar nada jogado ou fora do lugar.

7. Não se esquecer dos vidros
Os vidros do carro ficam bem na altura dos olhos dos clientes. Por isso, se você for descuidado com a limpeza deles, isso vai ficar muito evidente e deixar uma impressão ruim.

Nós sabemos que a poluição da cidade ou o pó da estrada faz com que eles acumulem sujeira fácil, mas ela pode ser eliminada. Existem sprays que facilitam a limpeza, mas lembre-se de testá-los antes em uma pequena parte pra ver se não deixam manchas.

8. Adotar um cronograma de limpeza
Mesmo com o motorista cuidando do carro diariamente, não tem jeito. Vai chegar aquele momento em que é necessário lavar e aspirar cuidadosamente o veículo. É bom ter uma rotina semanal pra isso.

Você pode dar uma olhada no seu histórico de corridas e escolher o dia da semana com menos movimento pra fazer a limpeza. Separe algumas horas pra lavar o veículo ou entregar a um serviço especializado. 

Se a limpeza for feita por você mesmo, não faça com pressa. Aspire bem o interior do carro, não se esquecendo dos cantos e do carpete que fica embaixo do banco. Já imaginou se o passageiro precisa pegar um objeto que caiu nesse lugar e fica com a mão suja porque a área não foi devidamente limpa? Vai ser uma vergonha!

Fonte: Vida de Motorista

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Obras da estação Morumbi da Linha 17- Ouro alteram trânsito na Marginal Pinheiros e operação da Linha 9-Esmeralda

Ônibus do Paese vão atender passageiros da Linha 9 da CPTM no domingo entre as estações Santo Amaro e Berrini

Para dar prosseguimento às obras da futura estação Morumbi da Linha 17-Ouro do Metrô, a partir das 21h deste sábado (19), a CET vai interditar a pista expressa da Marginal Pinheiros, sentido Castelo Branco, entre a Ponte Transamérica e transposição da pista local para a pista expressa, antes da Ponte do Morumbi. A via será reaberta ao trânsito às 3h30 da segunda-feira (21). A criação de alternativas para os veículos durante a interdição estará a cargo da CET.

Por conta das obras, a Linha 9-Esmeralda da CPTM vai funcionar com intervalo de 20 minutos no sábado (19) a partir das 21 horas. No domingo (20), a linha vai operar parcialmente, com interrupção da circulação dos trens no trecho das estações Santo Amaro, Granja Julieta, Morumbi e Berrini. Na segunda-feira (21), os trens voltam a circular normalmente às 4h com a abertura de todas as estações da linha. 

As interdições na Marginal Pinheiros e na Linha 9 são necessárias para que o consórcio contratado para executar as obras na Linha 17 dê continuidade ao lançamento e instalação das estruturas metálicas do mezanino da futura estação Morumbi.

Durante a interrupção da circulação dos trens no trecho entre as estações Santo Amaro e Berrini, ônibus do sistema Paese estarão à disposição para que o passageiro possa continuar a viagem nos dois sentidos da Linha 9. Foram afixados cartazes e banners com informações sobre as interdições e alternativas, além da presença de funcionários para orientação nas principais estações da CPTM e de metrô. Mensagens informativas serão veiculadas nos sistemas sonoros das estações das linhas 9-Esmeralda, 4-Amarela e 5-Lilás, e nos monitores de todos os trens. Como alternativa, os passageiros poderão optar por seguir pelo sistema sobre trilhos, utilizando as linhas de metrô para voltar à Linha 9, ou seguir a viagem para outras regiões.

Alternativas para os passageiros

Os passageiros poderão optar por seguir pelo sistema sobre trilhos, utilizando as linhas de metrô para voltar à Linha 9, ou seguir a viagem para outras regiões.

Sentido Osasco
Para quem vai no sentido Osasco, a opção é descer na Estação Santo Amaro e utilizar as linhas 5-Lilás (até Chácara Klabin), 2-Verde (até Consolação/Paulista) e 4- Amarela, retornando à Linha 9 em Pinheiros.

 Sentido Grajaú
Para quem viaja no sentido Grajaú, a opção é descer na Estação Pinheiros e utilizar as linhas 4-Amarela (até Paulista/Consolação), 2-Verde (até Chácara Klabin) e pegar a 5-Lilás para retornar à Linha 9 em Santo Amaro.

PAESE

Ônibus do sistema Paese estarão à disposição para que o passageiro possa continuar a viagem nos dois sentidos da Linha 9. Os coletivos vão percorrer o trecho interditado em tempo estimado de 15 minutos no sentido Berrini e 25 minutos no sentido Santo Amaro, dependendo das condições do trânsito.

Senha
Para a utilização dos ônibus do Paese, os passageiros que já estiverem nas estações Santo Amaro (seja da Linha 9 ou da Linha 5) ou Berrini, deverão retirar uma senha na área paga, próximo às catracas. A senha será entregue pelo passageiro para retornar ao sistema sem ter que pagar novamente a passagem;

Já os passageiros que estavam fora do sistema podem utilizar os ônibus do Paese gratuitamente, acessando as estações Santo Amaro ou Berrini com o pagamento da tarifa.

Santo Amaro – Embarque e desembarque
O acesso aos ônibus do Paese será na avenida Padre José Maria, próximo ao acesso à estação; no mesmo local será feito o desembarque.

Berrini – Embarque e desembarque
O embarque será na Avenida das Nações Unidas (Marginal Pinheiros), sob a passarela da estação; O desembarque será na Avenida das Nações Unidas (Marginal Pinheiros), esquina com a rua Joel Carlos Borges.

Para informações sobre o funcionamento das linhas ao longo das intervenções, os passageiros podem entrar em contato com a CPTM, por meio do 0800-055-0121. Informações sobre as obras da Linha 17-Ouro podem ser obtidas com a Central de Atendimento à Comunidade, do Metrô, pelos telefones (11) 3371-7519 e (11) 3371-7520.

Fonte: Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Aumento no preço da gasolina: saiba como reduzir o consumo de combustível de um veículo

O preço da gasolina aumentou em cerca de 2,5% nas refinarias. Veja as dicas da Petroplus para otimizar o rendimento de cada abastecimento de combustível

O preço da gasolina aumentou em cerca de 2,5% em refinarias. Segundo a última pesquisa divulgada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio da gasolina nos postos no país na semana de 21 de setembro ficou em R$ 4,317, alta de 0,16% frente à semana anterior.

Para não ter prejuízos, as distribuidoras e postos acabam repassando o preço aos consumidores, que sentem no bolso os acréscimos. É aí que entra um grande desafio: como reduzir o consumo de combustível de um veículo para evitar gastos desnecessários a cada abastecimento?

O primeiro passo é fazer um acompanhamento contínuo do veículo para identificar se houve alguma alteração no consumo de combustível. Para isso, é essencial que o motorista ou proprietário tenha uma base comparativa da relação entre litros e quilômetros rodados.

O consumo de combustível está atrelado à faixa de rotações por minuto (RPM) em que cada veículo é trabalhado. Dessa forma, circular em meio a trânsitos pesados em primeira marcha faz com que o veículo atue por mais tempo em uma faixa de RPM elevada e necessite de mais gasolina ou etanol. Quando o motorista passa a utilizar um automóvel em menores velocidades, seu motor naturalmente requer um volume maior de combustível para percorrer a mesma distância. E é natural que isso aconteça nas grandes capitais com número de congestionamento alto, como é o caso de São Paulo.

Entretanto, quando o motivo de aumento dos litros abastecidos periodicamente é inerente à parte mecânica do automóvel, devido a sujeiras e resíduos no motor, que fazem com que o veículo necessite de mais força para o movimento, a Petroplus sugere algumas medidas preventivas e corretivas que podem ser realizadas, com facilidade, pelo próprio consumidor.

Como uma maneira prática e acessível de prevenir o aumento do consumo de combustível por questões mecânicas, a empresa recomenda o uso constante de produtos automotivos que efetuam uma ação de limpeza e manutenção em todo o sistema do motor, quando aplicados regularmente a cada abastecimento.

E, para os casos em que o veículo já apresenta uma alta no consumo de combustível, a dica da empresa é fazer uso de produtos que oferecem um serviço de limpeza completa que deve ser aplicado somente em veículos flex, também via tanque, a cada 10 mil quilômetros rodados.

Fonte: Petroplus

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Conheça quatro benefícios dos aditivos para combustíveis para o motor do seu carro

O uso de combustíveis aditivados nos veículos traz benefícios efetivos de economia, desempenho e sustentabilidade. Os aditivos podem já estar presentes diretamente na bomba do posto, nos combustíveis aditivados, ou pode ser adicionado depois, de acordo com a preferência do consumidor.

As vantagens promovidas pelos aditivos atendem critérios que os motoristas indicam como importantes, segundo o engenheiro Luis Fernando Sabino, gerente de combustíveis do negócio de Aditivos e Lubrificantes da BASF. “Os aditivos contribuem para prolongar a vida útil do motor, promover a economia de combustível e o aumento do desempenho do veículo – que amplia a vantagem de redução no consumo”, explica. Também contribui para a redução de emissões de gases poluentes.

Entretanto, um ponto fundamental para garantir que esses benefícios sejam efetivos, é avaliar a qualidade dos produtos, verificando se são aprovados pelos fabricantes automotivos ou provenientes de distribuidoras de combustíveis confiáveis, o que sinaliza que passaram por rigorosos testes de qualidade. Conheça os principais benefícios dos combustíveis aditivados:

Limpeza e proteção do motor
O uso do combustível aditivado aumenta a vida do motor protegendo seu sistema de admissão contra a formação de depósitos. Os aditivos promovem a limpeza removendo os depósitos já existentes e impedindo a formação de novos depósitos. Esse benefício garante redução na manutenção.

Melhora a economia de combustível
Com a limpeza das válvulas, há uma maior facilidade no processo de combustão, melhorando assim a economia geral de combustível.

Permite melhor arranque e comportamento de condução
O motorista também se beneficiará do melhor comportamento de partida e direção, tendo restaurado todo o potencial do seu motor. Há melhora na experiência do condutor, inclusive com redução do ruído.

Contribuição Ambiental
Ao aumentar o desempenho do combustível, você reduz o seu consumo. Esse benefício promove, consequentemente, a redução das emissões.

Fonte: Basf

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Salão Duas Rodas reforça seu posicionamento como o mais completo evento da cultura

Salão Duas Rodas anuncia, em coletiva de imprensa, número recorde de atrações e experiências inéditas para os apaixonados por motociclismo. Evento acontecerá daqui a um mês no São Paulo Expo.

Quem visitar o Salão Duas Rodas de 2019 entre 14 e 19 de novembro, no São Paulo Expo, terá a oportunidade de vivenciar uma das mais versáteis e completas experiências do universo do motociclismo. A pouco mais de um mês de sua realização, a organização do evento reforçou hoje, em coletiva de imprensa realizada no Hotel Renaissance em São Paulo, seu posicionamento que vai além da exposição de motos e adentra na era da experiência de dos visitantes junto a elementos do universo do motoclismo.

Este ano, quem vai iluminar o pavilhão do São Paulo Expo durante o salão serão grandes  marcas do setor, que, juntas, contabilizam mais de 98% da produção e vendas do mercado nacional. São elas: Honda, Yamaha, Kawasaki, Triumph, Suzuki, Kymco, Hao Jue, Royal Enfield e Vespa. 

Para os pais que ainda tinham dúvidas sobre levar as crianças para o Salão Duas Rodas, agora terá motivos de sobra para ir com eles. Os pequenos ganharam um lugar especial dedicado a eles: o Espaço Kids, parceria da Yamaha com a  Discovery Kids, será voltado para os iniciantes, tanto pais como filhos, e promete despertar o amor pelas duas rodas. 

A diversão e o entretenimento para quem curte velocidade nas telas também ganhou um espaço dentro do SDR. A Arena Games, montada em parceria com a Monster Energy Drink,  trará os mais inovadores e tecnológicos jogos para os público mais geek do evento. 

Para quem quiser uma lembrança ainda mais permanente da sua visita ao evento, o Estúdio Tattoo marca presença com a equipe da Tattoo Inc., onde artistas farão artes rápidas na pele, as flash tattoos. 

Os ingressos estão disponíveis no site www.salaoduasrodas.com.br, no site www.totalacesso.com.br e nas bilheterias oficiais da Total Acesso.

Serviço:
Salão Duas Rodas 2019
18 de novembro: Avant Première: 18h às 23h (Exclusiva para Convidados)
De 19 a 23 de novembro (terça-feira a sábado): 14h às 22h. 
Dia 24 de novembro (domingo): 11h às 19h, com entrada até às 17h.
Profissionais do Setor térão acesso, 19, 21 e 22 de novembro (terça, quinta e sexta-feira) somente com Pré-Inscrição antecipada no site do evento e sujeito confirmação no local.
São Paulo Expo Exhibition & Convention Center (Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – São Paulo/SP). 

Fonte: MktMix Assessoria de Comunicação

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Outubro é mês de licenciar veículos com placas terminadas em 8

Caminhões com finais de placa 3, 4 e 5 também devem ser licenciados

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alerta que neste mês de outubro devem ser licenciados os veículos com final de placa 8, além dos caminhões com placas terminadas em 3, 4 e 5.

O valor da taxa do serviço é mesmo para todos: R$ 90,20. Por mais R$ 11 o motorista pode receber o documento em casa. É possível licenciar de forma eletrônica, por meio do sistema bancário, sem precisar ir até uma unidade de atendimento. Mas atenção, não basta apenas pagar a taxa, é preciso que haja a emissão do documento. Por isso não é aconselhável deixar para a última hora.

Hoje, o Estado de São Paulo tem mais de 30 milhões de veículos registrados. Para circular, todo veículo precisa estar com o licenciamento em dia, independentemente do ano de fabricação.

Os mais esquecidos podem contar com a ajuda do Detran.SP e receber gratuitamente um alerta 30 dias antes do vencimento via SMS e push no celular. Para isso, é só cadastrar o celular no portal detran.sp.gov.br e autorizar o recebimento. O passo a passo para fazer o serviço pode ser consultado em detran.sp.gov.br, na área de “Veículos”>”Licenciamento Anual”.

Como licenciar – O valor do licenciamento em 2019 é de R$ 90,20 para todo tipo de veículo. Não é necessário ir às unidades do Detran.SP ou imprimir boleto para pagar a taxa. Basta informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa bancário ou selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências ou no internet banking. É preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas, por exemplo. Algumas unidades do Detran.SP dispõem de máquina para pagamento com cartão de débito. Não precisa esperar chegar o mês do final de placa do veículo. É possível licenciar de forma antecipada.

Retirada do documento – Com o comprovante de pagamento e um documento de identificação em mãos, o condutor pode ir ao Detran.SP ou posto Poupatempo para solicitar a emissão do documento. Se preferir, pode pagar junto com a taxa o custo de envio pelos Correios, de R$ 11, para receber o documento em casa. A entrega pode ser acompanhada pelo portal www.detran.sp.gov.br, em “Serviços Online”.

Apreensão do veículo – Licenciamento em atraso gera a remoção do veículo ao pátio. Além disso, o proprietário recebe multa de R$ 293,47 e sete pontos na habilitação por conduzir veículo que não esteja devidamente licenciado, o que é infração gravíssima, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Pagar o licenciamento em atraso também gera a cobrança de multa e juros. Caso não seja feito, o dono do veículo pode ter o nome inscrito no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados (Cadin) e na dívida ativa do Estado pelo débito em aberto.

Confira cronograma:
Confira também o cronograma anual do licenciamento de veículos registrados como caminhão:

Fonte: Detran.SP